Sucesor é um vinho blend Premium a base de Carignan do grupo Casa Donoso

Enólogo chileno apresenta vinhos da vinícola Casa Donoso em Vitoria

A convite dos proprietários da loja de vinhos Canto do Vinho, Winechef esteve presente na apresentação do enólogo chileno Felipe Ortiz, nesta última quarta-feira.

Felipe apresentou dois vinhos da vinícola Doña Lucia, que faz parte de grupo Casa Donoso e também apresentou em exclusiva, um novo vinho chamado Susesor.

Um dos aspectos que mais me chamou a atenção, e a forma dedicada a consciente na qual este produtor está trabalhando os micros terroir dentro do Vale de Maule. A vinícola conta com parreiras em diferentes lugares dentro do mesmo vale, com o qual conseguem obter uma matéria-prima variada, de diferentes caraterísticas e estilos.

A Chef de Winechef Edneia Benfica, o enologo da vinicola Casa Donoso Felipe Ortíz e o Sommelier Conseil Alex Ordenes

A Chef de Winechef Edneia Benfica, o enologo da vinicola Casa Donoso Felipe Ortíz e o Sommelier Conseil Alex Ordenes

Os vinhos degustados foram os seguintes:

Doña Lucia Sauvignon Blanc 2013

Tratando-se de vinhos brancos chilenos, sempre é curioso quando estes são elaborados com uvas provenientes de vinhedos localizados fora das regiões clássicas e já mundialmente conhecidas. Me refiro ao Vale de Casablanca e ao Vale de San Antonio.

Este Sauvignon Blanc provem do Vale do Maule e o mesmo efeito climático que exerce o oceano pacifico no caso de Casablanca e San Antonio, no caso deste vinho é a altitude (800 m.s.n.m) a que permitiu que a madures da uva Sauvignon Blanc consigesse uma perfeita madures fenólica, e no mesmo tempo mantivesse uma marcada acidez.

Os vinhedos dão vida a este vinho branco estão localizados nos pês da Cordilheira dos Andes, e isso fica muito evidente na hora de degustar o vinho, principalmente devido a uma acidez mineral que é a coluna vertebral do vinho, que apesar de já ter dois anos está em plena forma, mostrando um estilo de Sauvignon mais elegante, já com alguns aromas terciários, como frutos brancos secos, confeitura de limão e mel, produto da evolução do vinho na garrafa durante este quase 3 anos.

Doña Lucia Premuim 2012

Este é um blend das três uvas tintas de Bordeaux: Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc e Carménère. Aqui o estilo da bodega e também a tipicidade proporcionada pelo terroir está muito bem plasmado. Este que é o vinho ícone da vinícola Doña Lucia, tem um estilo muito delicado. O vinho tem olfativamente muita qualidade, com notas intensas a café e suave eucalipto, e é particularmente harmonioso, muito agradável de degustar e na boca tem toda essa frescura que caracteriza os vinhos do vale do Maule, de corpo meio, profundo e muito saboroso.

 

Vinho Premium Sucesor 2012

Este vinho é uma proposta bem diferente, pelo menos se comparamos com os outros vinhos a base de Carignan chilenos. Sucesor também segue na línea do equilíbrio, só que com uma perfomance olfativa muito mais complexa, cheia de frutos negros silvestres, mirtilho e um fundo balsâmico, com especiarias, notas minerais e grafito. Se a nariz e interessante e definitivamente no paladar aonde ele mostrou suas virtudes com maior nitidez. A força e rusticidade do Carignan se manifestou claramente, com esses taninos de textura única, com um balance notável e sempre com essa acidez vibrante que só os vinhos do Vale de Maule podem alcançar.

Pena que este vinho ainda não chegou no Brasil, mas segundo Leonardo Freitas, proprietário da empresa VitoriaFoods e importador dos vinhos da vinícola Doña Lucia, uma pequena quantidade foi importada, e vai chegar no Brasil nos próximos meses.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *