Posts

Jennifer Le Nechet vence o título de Melhor Bartender do Mundo de 2016

Jennifer Le Nechet venceu o título de melhor bartender do mundo na grande competição internacional de cocktails WORLD CLASS Bartender of the Yearem Miami.

A bartender francesa, frequentemente encontrada a criar bebidas e a encantar clientes no bar do Café Moderne em Paris, impressionou o júri com uma espetacular série de bebidas vibrantes no seu bar pop-up temático inspirado em Steampunk.

Quase 10.000 bartenders de todo o mundo participaram na competição, tendo sido selecionados 56 para representar o seu país nas finais em Miami. Um grupo privilegiado de seis conseguiu ir à ronda final, na qual tiveram de imaginar e criar um bar pop-up em apenas 24 horas.

Jennifer Le Nechet, a primeira bartender a ganhar o título, disse: “Estou completamente fora de mim – é uma enorme honra levar para casa o título de Melhor Bartender do Mundo – especialmente tendo competido com concorrentes de topo de todo o mundo. Esta semana inspirou-me para continuar a puxar os limites dos sabores e explorar como todos os sentidos podem ser estimulados através dos cocktails. Mal posso esperar pelas experiências que me aguardam!”

Jennifer Le Nechet vence o título de Melhor Bartender do Mundo de 2016

Jennifer Le Nechet vence o título de Melhor Bartender do Mundo de 2016

Alex Kratena, ex-bartender do Artesian London disse: O nível deste ano tem sido absolutamente fenomenal. Tem sido tão difícil escolher entre estes bartenders. A Jennifer conseguiu vencer na perfeição a Superstar Pool Party mostrando todas as competências que se espera de um bartender, e o seu bar pop-up deixou-nos boquiabertos com o seu interessantíssimo tema Steampunk e reinvenção de cocktails clássicos com emulsões caseiras e ingredientes orgânicos.”

Durante o evento, a Cidade do México foi revelada como o local da Final Internacional WORLD CLASS Bartender of the Year 2017.

Johanna Dalley, Directora Internacional do World Class disse: “Este ano, o WORLD CLASS levará a cultura dos cocktails a um outro nível na Cidade do México, e não poderia existir local melhor para isso, uma vez que há anos que esta cidade se tem vindo a tonar numa das capitais mais vibrantes para comida, bebida e cultura.”

Veja Também:

 

 

 

 

 

Conheça os 30 campeões da Grande Prova Vinhos do Brasil

O resultado da prova que reuniu mais de 110 vinícolas nacionais e 850 rótulos, divididos em 30 categorias.

Foram divulgados na noite desta quarta-feira, 3, os 30 campeões da quinta edição da Grande Prova Vinhos do Brasil. Realizada no início de junho no Rio de Janeiro, a prova avaliou 850 rótulos de 110 vinícolas de oito estados brasileiros.

Escolhidos em competição às cegas, os vinhos ganhadores integrarão o Anuário Vinhos do Brasil 2016.

Conheça os 30 campeões da Grande Prova Vinhos do Brasil

Conheça os 30 campeões da Grande Prova Vinhos do Brasil

 

Conheça os campeões de cada categoria

 

Vinho Espumante Branco Brut Champenoise

Viapiana 575 dias (Flores da Cunha, RS / 91 pontos) e

Gran Legado Espumante Brut Champenoise

Gran Legado (Vale dos Vinhedos, RS /91 pontos)

 

Vinho Espumante Branco Brut Charmat

Chandon Excellence Brut Cuvée Prestige (Garibaldi, RS/ 88 pontos)

 

Vinho Espumante Rosé Brut Champenoise

Cave Geisse Terroir Rosé Brut 2010 (Pinto Bandeira, RS/ 92 pontos)

 

Vinho Espumante Rosé Brut Charmat

Monte Paschoal Virtus Brut Rosé (Serra Gaúcha, RS/87 pontos)

 

Vinho Espumante Branco Extra-Brut e Nature

Cave Geisse Terroir Nature 2011 (Pinto Bandeira, RS/93 pontos)

 

Vinho Espumante Prosecco/Glera

Monte Paschoal Prosecco (Serra Gaúcha, RS/ 90 pontos)

 

Vinho Espumante Branco Moscatel

Aliança 2015 (Campanha Gaúcha, RS/ 91 pontos)

 

Vinho Espumante Branco Demi-sec

Aurora Saint Germain Demi-Sec (Serra Gaúcha, RS/ 88 pontos)

 

Vinho Espumante Rosé Demi-sec e Moscatel

Don Guerino Espumante Moscatel Rosé 2016 (Alto Feliz, RS/ 88 pontos)

 

Vinho Branco Chardonnay

Casa Verrone Speciale Chardonnay 2015 (Divinolândia, SP/ 90 pontos)

 

Vinho Branco Sauvignon Blanc

Don Guerino Sinais Sauvignon Blanc 2016 (Alto Feliz, RS/ 89 pontos)

 

Vinho Branco Moscato

Casa Perini Macaw Tropical Branco (Serra Gaúcha, RS/ 88 pontos)

 

Vinho Branco de Outras Castas e Cortes

Guatambú Vinho da Estância Branco 2015 (Campanha Gaúcha, RS/ 88 pontos)

 

Vinho Rosé

Dunamis Tom  2016 (Campanha Gaúcha, RS/ 87 pontos)

 

Vinho Tinto Cabernet Sauvignon

Aurora Millésime Cabernet Sauvignon 2012 (Serra Gaúcha, RS/ 90 pontos)

Família Bebber Barão de Petrópólis Cabernet Sauvignon Reserva 2012 (Serra Gaúcha, RS/90 pontos)

 

Vinho Tinto Merlot

Salton Desejo 2011 (Campanha Gaúcha, RS/ 91 pontos)

Miolo Merlot Terroir 2012 (Vale dos Vinhedos, RS/ 91 pontos)

 

Vinho Tinto Syrah

Primeira Estrada Syrah 2014 (Três Corações, MG/ 90 pontos)

 

Vinho Tinto Tannat

Simonetto Tannat 2009 (Serra Gaúcha, RS/ 92 pontos)

 

Vinho Tinto Pinot Noir

Suzin Pinor Noir 2014 (São Joaquim, SC/ 89 pontos)

 

Vinho Tinto Cabernet Franc

Dal Pizzol Do Lugar Cabernet Franc 2014 (Serra Gaúcha, RS/ 87 pontos)

 

Vinho Tinto Marselan

Viapiana Expressões Marselan 2012 (Flores da Cunha, RS/ 86 pontos)

 

Vinho Tinto de Outras Castas

Basso Monte Paschoal Reserve Tempranillo 2012 (Campanha Gaúcha, RS/ 88 pontos)

 

Vinho Tinto Corte

Perini Quatro 2009 (Serra Gaúcha, RS/ 92 pontos)

Tinto Super Premium (acima de R$ 100 ao consumidor)

Perini Quatro 2009 (Serra Gaúcha, RS/ 92 pontos)

 

Vinho Doces e Fortificados

Salton Intenso (Serra Gaúcha, RS/ 90 pontos)

 

Suco de Uva Integral Tinto

Zanrosso 2015 (Serra Gaúcha, RS/ 91 pontos)

 

Suco de Uva Integral Branco

Aurora (Serra Gaúcha, RS 86 pontos)

 

CONHEÇA O JURI DA GRANDE PROVA DO BRASIL

 

O juri foi formado pelo enólogo francês Michel Friou, da vinícola Almaviva; por Danio Braga – chef e sommelier, fundador da ABS Brasil; Sebastián Rodrigues, enólogo da Concha y Toro; Diego Arrrebola, sommelier, atual bi-campeão brasileiro; Vladimir Veliz, do CanaldelVino.com; Gilberto Pedrucci, enólogo e presidente do Sindivinho; Marcio Oliveira, responsável pelo site Vinotícias; Ed Arruda, sommelier-chefe do Copacabana Palace; Ricardo Farias, presidente da ABS-Rio; Celio Alzer, professor da ABS-Rio; Roberto Rodrigues, diretor da ABS Rio; Homero Sodré, delegado de Bordeaux no Brasil pelo CIVB; Jô Sodré, Professora de Vinhos da Universidade Estácio de Sá; Maria Helena Tahuata, vice-presidente da ABS Rio; Romeu Valadares, jornalista; Luiz Fernando Silva, do Grupo Pão de Açúcar; Sergio Queiroz, grupo Baco; e Marcelo Copello, do grupo Baco e presidente do juri.

 

Os melhores vinhos brancos chilenos do ano segundo Descorchados 2016

97 pts. ERRÁZURIZ LAS PIZARRAS CHARDONNAY 2014 ACONCAGUA COSTA
97 pts. CASA SILVA LAGO RANCO S. BLANC 2014 SUR
96 pts. CASA MARIN CIPRESES S. BLANC 2014 SAN ANTONIO
96 pts. CONCHA Y TORO TERRUNYO S. BLANC 2015 CASABLANCA
96 pts. DE MARTINO SINGLE VINEYARD PARCELA 5 S. BLANC 2014 CASABLANCA
96 pts. KALFUSUMPAI S. BLANC 2015 NORTE
96 pts. TABALÍ TALINAY S. BLANC 2015 LIMARI
95 pts. BODEGAS RE EN RE DO 2015 CASABLANCA
95 pts. BODEGAS RE CHARDONNOIR 2014 CASABLANCA
95 pts. DE MARTINO VIEJAS TINAJAS MOSCATEL 2014 ITATA
95 pts. AQUITANIA SOL DE SOL CHARDONNAY 2012 SUR
95 pts. MAYCAS DEL LIMARÍ QUEBRADA SECA CHARDONNAY 2014 LIMARÍ
95 pts. TARA TARA WHITE WINE 1 CHARDONNAY 2014 NORTE
95 pts. AQUITANIA SOL DE SOL S. BLANC 2015 SUR
95 pts. CONO SUR 20 BARRELS S. BLANC 2015 CASABLANCA
95 pts. MATETIC EQ COASTAL S. BLANC 2015 CASABLANCA
95 pts. SANTA RITA FLORESTA S. BLANC 2015 LEYDA
95 pts. UNDURRAGA TH S. BLANC LO ABARCA S. BLANC 2014 SAN ANTONIO
94 pts. WILLIAM FÈVRE CHILE ESPINO GRAN CUVÈE CHARDONNAY 2014 PIRQUE
94 pts. ERRÁZURIZ THE WHITE BLEND 2015 ACONCAGUA
94 pts. SIERRAS DE BELLAVISTA RIESLING 2015 ALTO COLCHAGUA
94 pts. CASAS DEL BOSQUE P. PRODUCCIONES S. BLANC 2015 CASABLANCA
94 pts. LABERINTO CENIZAS DE LABERINTO S. BLANC 2015 MAULE
94 pts. LEYDA LOT 4 SAUV BLANC S. BLANC 2015 LEYDA
94 pts. QUINTAY WINES EXPERIENCE S. BLANC 2015 CASABLANCA
94 pts. TABALÍ RESERVA ESPECIAL S. BLANC 2015 LIMARI
94 pts. VENTOLERA S. BLANC 2015 LEYDA
94 pts. VERAMONTE RITUAL S. BLANC 2015 CASABLANCA

 

Veja os Os melhores vinhos Tintos do ano segundo Descorchados 2016

Os melhores vinhos brancos do ano segundo Descorchados 2016

Os melhores vinhos brancos do ano segundo Descorchados 2016

 

Os 100 Melhores Vinhos de 2015, segundo James Suckling

James Suckling acaba de revelar sua lista com os melhores 100 vinhos do ano 2015.

Tal como ele descreve no seu site “este ano na lista os meus top 100 estão inclusos os grandes Brunellos 2010, os fantásticos super toscanos 2012, os top brancos e tintos espanhóis, como também os excelentes vinhos de Chile, Argentina e Alsace”

A lista também inclui alguns grandes vinhos brancos da Nova Zelândia, Austrália e Champagne.

O chileno Montes Syrah Valle de Apalta Montes Folly 2011 esta na quarta posição.

Montes Folly 2011

Montes Folly 2011

 

100 Melhores Vinhos de 2015, James Suckling

 

  1. Marchesi de Frescobaldi Brunello di Montalcino Castelgiocondo 2010
  2. Muga Rioja Prado Enea Gran Reserva 2006
  3. Bodegas Caro Caro Mendoza 2012
  4. Montes Syrah Valle de Apalta Montes Folly 2011
  5. Ata Rangi Pinot Noir Martinborough 2013
  6. FE Trimbach Riesling de Alsacia Grand Cru Geisberg 2009
  7. Ciacci Piccolomini d’Aragona Brunello di Montalcino Pianrosso 2010
  8. Hugel & Fils Riesling de Alsacia Grossi Laue 2010
  9. Flametree Chardonnay Margaret River SRS 2014
  10. Fattoria Le Pupille Toscana Saffredi 2012
  11. Nelson Neudorf Moutere Chardonnay 2014
  12. Abremundos Valle de Uco Pagina 1 2012
  13. Marqués de Murrieta Rioja Castillo Ygay Gran Reserva Especial 2007
  14. Luce della Vite Brunello di Montalcino 2010
  15. Marqués de Riscal Rioja 150 Aniversario de Marqués de Riscal 2004
  16. Siro Pacenti Brunello di Montalcino 2010
  17. El Enemigo Cabernet Franc Gualtallary Valle de Uco Gran Enemigo 2010
  18. Duemani Cabernet Franc Costa della Toscana 2012
  19. Château d’Esclans Côtes de Provence Rosé Garrus 2014
  20. Taylor Fladgate Duero Individual Cosecha Puerto 1863
  21. Giacomo Conterno Barolo Monfortino Riserva 2010
  22. Bodega Noemía Patagonia Malbec 2013
  23. Albert Mann Pinot Noir Alsace Grand H 2012
  24. Peter Michael Bodega Oakville Napa Valley Au Paradis 2012
  25. Livio Sassetti Brunello di Montalcino 2010
  26. Seña Valle de Aconcagua 2013
  27. San Polino Brunello di Montalcino Helichrysum 2010
  28. Maison Louis Jadot Grand Cru Chapelle-Chambertin 2013
  29. Le Ragnaie Brunello di Montalcino Ragnaie VV 2010
  30. Muré Riesling de Alsacia Grand Cru Vorbourg Clos Saint Landelino 2013
  31. Valdicava Brunello di Montalcino 2010
  32. Diamond Creek Napa Valley Red Rock Terraza 2012
  33. Bruno Giacosa Barbaresco Asili Riserva 2011
  34. Masseto Toscana 2012
  35. Dana Estates Cabernet Sauvignon Napa Valley Helms Vineyard 2012
  36. Niepoort Douro Valley Turris 2013
  37. Tua Rita Toscana redigaffi 2013
  38. Sette Ponti Toscana Oreno 2013
  39. Joseph Drouhin Beaune 1er Cru Clos des Mouches Blanca 2010
  40. Catena Zapata Chardonnay Gualtallary Valle de Uco White Bones 2012
  41. Dominio de Pingus Ribera del Duero Pingus 2012
  42. Remelluri Rioja Blanco 2012
  43. Casanova di Neri Brunello di Montalcino Tenuta Nuova 2010
  44. El Enemigo Cabernet Franc Gualtallary Valle de Uco Gran Enemigo 2010
  45. Billecart-Salmon Champagne Cuvée Nicolas François Billecart
  46. ​​Pio Cesare Barolo Ornato 2011
  47. Ornellaia Toscana Bianco 2013
  48. Te Mata Cabernet Sauvignon de Hawke Bay Coleraine 2013
  49. Contino Rioja Gran Reserva 2007
  50. Viñedo Chadwick Cabernet Sauvignon Valle de Maipo 2011
Os 100 Melhores Vinhos de 2015, segundo James Suckling

Os 100 Melhores Vinhos de 2015, segundo James Suckling

  1. Henschke Shiraz Eden Valley Cerro de Gracia 2010
  2. La Spinetta Barolo Campe 2011
  3. Castello di Ama Chianti Classico Vigneto la Casuccia Gran Selezione 2011
  4. Granja Nuestra Señora de Remelluri Rioja Granja Remelluri Reserva 2010 Gran
  5. Olivier Rivière Rioja Mirando al Sur 2013
  6. Dominus Napa Valley 2012
  7. Morris de Rutherglen Antiguo premium Rare Licor Moscatel NV
  8. Clonakilla Syrah Canberra Distrito 2013 59. Artadi Rioja El Pisón 2012
  9. Screaming Eagle Cabernet Sauvignon Napa Valley 2012
  10. Petrolo Toscana Galatrona 2013
  11. Louis Latour Chevalier-Montrachet Grand Cru Les Demoiselles 2013
  12. Bodega Chacra Pinot Noir Patagonia Treinta y Dos 2012
  13. Livio Felluga Rosazzo 100 2013
  14. Moët & Chandon Champagne Dom Pérignon 2005
  15. Mazzei Toscana Siepi 2012
  16. Errázuriz Pinot Noir Aconcagua Costa Pizarra 2014
  17. Marchesi Antinori Toscana Solaia 2012
  18. Trinidad Colina Syrah Hawkes Bay Homenaje 2013
  19. Opus One Napa Valley 2012
  20. Bond Napa Valley Melbury 2012
  21. Jacquesson Champagne Avize-Champ Caïn Extra Brut 2005
  22. Marqués de Riscal Rioja Gehry 2012
  23. Jean-Baptiste Adam Pinot Gris Alsacia Sélection de Grains Nobles 2010
  24. Domaine Faiveley Corton-Charlemagne Grand Cru 2013
  25. Valentin Zusslin Riesling de Alsacia Grand Cru Pfingstberg 2012
  26. Quintodecimo Taurasi Vigna Quintodecimo Riserva 2010
  27. Castello dei Rampolla Toscana d’Alceo 2011
  28. Caín Napa Valley Spring Mountain Distrito Cinco Caín 2012
  29. Bilancia Syrah Hawkes Bay La Collina 2013
  30. Château Mouton-Rothschild Pauillac 2013
  31. Almaviva Puente Alto 2013
  32. San Polino Brunello di Montalcino 2010
  33. Penfolds Shiraz St. Henri Sur Australia 2012
  34. Spottswoode Cabernet Sauvignon St. Helena Napa Valley Estate 2012
  35. Castello di Ama Toscana L’Apparita 2011
  36. Viña Cobos Malbec de Luján de Cuyo Cobos 2012
  37. Lucien Lemoine Chateauneuf-du-Pape Arioso 2011
  38. Olivier Leflaive Montrachet Grand Cru 2012
  39. Billecart-Salmon Champagne Brut Blanc de Blancs 2004
  40. Château L’Si San-Emilion 2012
  41. Domaine Zind-Humbrecht Gewurztraminer Alsace Grand Cru 2013
  42. Silvio Nardi Brunello di Montalcino Manachiara 2010
  43. Giacomo Conterno Barolo Cascina Francia 2011
  44. Renato Corino Barolo Rocche dell’Annunziata 2011
  45. Joseph Phelps viñedos de Napa Valley Insignia 2012
  46. Penfolds Cabernet Sauvignon Coonawarra Bin 169 2012
  47. Riecine Toscana 2011
  48. Roberto Voerzio Barbera d’Alba Riserva Vigneto Pozzo dell’Annunziata 2011
  49. Cantina Terlano Alto Adige Terlaner me Grande Cuvée 2012

 

6 motivos (científicos) para beber cerveja

A cerveja pode ser muito benéfica para sua saúde, conforme indicam os estudos listados abaixo.

1: Diminui a incidência de doenças cardíacas

Há muitos estudos que ligam o consumo moderado de álcool com a diminuição de doenças do coração. Um deles, realizado pelo National Institute on Alcohol Abuse and Alcoholism (NIAAA), observou uma diminuição de 20% a 40% em doença arterial coronariana em pessoas que consomem níveis moderados de álcool. O consumo moderado de cerveja resulta em um aumento nos níveis de HDL, o colesterol bom, e uma redução nos níveis de LDL, o colesterol ruim.

2: Aumenta os níveis de vitamina B6

Outro estudo alemão indica que há aumento de 30% nos níveis de vitamina B6 em quem consome cerveja. Faz sentido, pois o lúpulo tem essa vitamina em sua composição. Ela ajuda a acalmar o sistema nervoso e melhorar a circulação.

3: Diminui incidência de pedras nos rins

Artigo publicado pela US National Library of MedicineNational Institutes of Health indica diminuição de 40% na incidência de pedras nos rins entre quem bebe cerveja.

6 motivos (científicos) para beber cerveja

6 motivos (científicos) para beber cerveja

 4: Contribui com a saúde da mulher

Segundo o American Journal of Clinical Nutrition, a cerveja ajuda a prevenir a diminuição da densidade óssea. Por causa do lúpulo, ela também é rica em flavonóides, que fazem uma reposição hormonal natural. A National Osteoporosis Risk analisou mais de 200 mil mulheres e a pesquisa indica que beber álcool moderadamente diminuiu a incidência de osteoporose.

 5: Ajuda a manter a mente saúdavel

A revista científica americana The New England Journal of Medicine indica que consumir álcool moderadamente diminui o risco de doenças do cérebro, especialmente em mulheres idosas. Outros estudos indicam que o álcool pode ajudar na memória, concentração e raciocínio.

 6: Diminui riscos de derrame cerebral

Estudos indicam também que há redução de até 50 % no risco de derrames cerebrais em quem bebe cerveja. O mais notável deles foi publicado na revista científica Journal of American Medical Association (JAMA) .

ATENÇÃO: Os benefícios de saúde descritos acima estão relacionados ao consumo moderado de cerveja e álcool. A recomendação é de duas cervejas por dia para um homem e uma cerveja por dia para as mulheres.

6 motivos (científicos) para beber cerveja

6 motivos (científicos) para beber cerveja

 

Conheça duas vinícolas dos Estados Unidos que estão entre as mais lindas do mundo

 

As duas bodegas dos Estados Unidos abaixo não só se diferenciam pela qualidade dos seus vinhos, mas também pela incrível estrutura e modernidade.

 

Darioush Winery, Napa Valley, Estados Unidos

– A vinícola Darioush, em Napa, foi construída para se assemelhar a um palácio persa, refletindo a herança de seus proprietários Darioush e Shahpar Khaledi. Foi fundada em 1997 por Darioush, que cresceu em Shiraz, uma das regiões vitícolas proeminentes do Irã. Projetada pelos arquitetos Ardeshir e Roshan Nozari, a vinícola levou cinco anos para ser construída. Com mais de 120 hectares em Napa Valley, os vinhedos da propriedade cobrem partes de Mount Veeder e Oak Knoll AVAs.

Darioush Winery, Napa Valley, Estados Unidos

Darioush Winery, Napa Valley, Estados Unidos

 

Mission Hill Winery, Okanagan Valley, Canada

Mission Hill Winery é uma vinícola canadense baseada na região de Okanagan Valley, da British Columbia. Foi criada em 1966 por um grupo de empresários. Em 1996, o grupo Olson Kundig Architects foi contratado para reconstruir a adega, por um custo de 35 milhões dólares. Possui cerca de 12 andares, e uma torre de 85 pés de altura.

Mission Hill Winery, Okanagan Valley, Canada

Mission Hill Winery, Okanagan Valley, Canada

 

Lista completa Latin Americas’s 50 Best Restaurants 2015

Um restaurante chileno e dois brasileiros entre os 50 melhores da américa latina.

A lista foi divulgada esta terça feira dia 23 de setembro na cidade de Mexico.

Pelo segundo ano consecutivo o restaurante peruano Central, lidera o ranking, seguido pelo chileno Borago que inclusive superou ao DO.O.M, do renomado chef Alex Atala, que teve que se conformar com a 4ta posição.

Latin Americas's 50 Best Restaurants 2015

Latin Americas’s 50 Best Restaurants 2015

 

Veja a lista completa:

No.1

CENTRAL. Lima, Peru

 

No.2

BORAGÓ. Santiago, Chile

 

No.3

ASTRID Y GASTÓN. Lima, Peru

 

No.4

D.O.M. São Paulo, Brazil

 

No.5

MAIDO. Lima, Peru

 

No.6

QUINTONIL. Mexico City, Mexico

 

No.7

TEGUI. Buenos Aires, Argentina

 

No.8

MANÍ. São Paulo, Brazil

 

No.9

PUJOL. Mexico City, Mexico

 

No.10

BIKO. Mexico City, Mexico

original_001-celler-de-can-roca-finedininglovers

 

No.11

PARADOR LA HUELLA. José Ignacio, Uruguay

 

No.12

LA MAR. Lima, Peru

 

No.13

PANGEA. Monterrey, Mexico

 

No.14

ROBERTA SUDBRACK. Rio de Janeiro, Brazil

 

No.15

EL BAQUEANO. Buenos Aires, Argentina

 

No.16

LASAI. Rio de Janeiro, Brazil

 

No.17

GUSTU. La Paz, Bolivia

 

No.18

CRITERIÓN. Bogotá, Colombia

 

No.19

LA CABRERA. Buenos Aires, Argentina

 

No.20

MALABAR. Lima, Peru

 

No.21

CHILA. Buenos Aires, Argentina

 

No.22

AMARANTA. Toluca, Mexico

 

No.23

OLYMPE. Rio de Janeiro, Brazil

 

No.24

HARRY SASSON. Bogotá, Colombia

 

No.25

OSAKA. Santiago, Chile

 

No.26

EPICE. São Paulo, Brazil

 

No.27

SUD 777. Mexico City, Mexico

 

No.28

ARAMBURU. Buenos Aires, Argentina

 

No.29

ALTO. Caracas, Venezuela

 

No.30

EL CIELO. Bogotá, Colombia

 

No.31

FIESTA. Lima, Peru

 

No.32

AMBROSÍA. Santiago, Chile

 

No.33

RESTAURANTE LEO. Bogotá, Colombia

 

No.34

OSSO CARNICERÍA Y SALUMERIA. Lima, Peru

 

No.35

MOCOTÓ. São Paulo, Brazil

 

No.36

LA PICANTERÍA. Lima, Peru

 

No.37

ELENA. Buenos Aires, Argentina

 

No.38

REMANSO DO BOSQUE. Belém, Brazil

 

No.39

OVIEDO. Buenos Aires, Argentina

 

No.40

LA BOURGOGNE. Punta del Este, Uruguay

 

No.41

MAXIMO BISTROT. Mexico City, Mexico

 

No.42

ANDRÉS CARNE DE RES. Chia, Colombia

 

No.43

RESTÓ. Buenos Aires, Argentina

 

No.44

ROSETTA. Mexico City, Mexico

 

No.45

DON JULIO. Buenos Aires, Argentina

 

No.46

99 Santiago, Chile

 

No.47

NICOS. Mexico City, Mexico

 

No.48

TARQUINO. Buenos Aires, Argentina

 

No.49

DULCE PATRIA. Mexico City, Mexico

 

No.50

RAFAEL. Lima, Peru

Robert Parker e as pontuações de todas as safras do vinho chileno Concha y Toro Don Melchor

 

Don Melchor da vinícola Concha y Toro tem uma historia muito fascinante. É uns dos primeiros vinhos chileno PREMIUM, que teve sua primeira produçãoo na safra de 1987.

Os vinhedoss que dãoo vida a este tinto provem de Puente Alto, aos pés da Cordilheira dos Andes e possuem  127 hectares, sendo 90% Cabernet Sauvignon, 7,1 % Cabernet Franc, 1,9 % Merlot e 1% Petit Verdot.

Veja agora aspontuaçõess para todas as safras do vinho chileno Concha y Toro Don Melchor, segundo o critico Robert Parker:

 

Safra Nome do Vinho Pontuação
2010 Concha y Toro Don Melchor 93
2009 Concha y Toro Don Melchor 91
2008 Concha y Toro Don Melchor 92
2007 Concha y Toro Don Melchor 90
2006 Concha y Toro Don Melchor 95
2005 Concha y Toro Don Melchor 94
2004 Concha y Toro Don Melchor 94+
2003 Concha y Toro Don Melchor 93
2002 Concha y Toro Don Melchor 90
2001 Concha y Toro Don Melchor 93
2000 Concha y Toro Don Melchor (89-91)
1999 Concha y Toro Don Melchor 93
1998 Concha y Toro Don Melchor 88
1997 Concha y Toro Don Melchor 94
1996 Concha y Toro Don Melchor 89
1995 Concha y Toro Don Melchor 92
1994 Concha y Toro Don Melchor 89
1993 Concha y Toro Don Melchor 89
1992 Concha y Toro Don Melchor 72
1991 Concha y Toro Don Melchor 91
1990 Concha y Toro Don Melchor 82
1989 Concha y Toro Don Melchor 75
1988 Concha y Toro Don Melchor 89
1987 Concha y Toro Don Melchor 87
Robert Parker e as pontuações de todas as safras do vinho chileno Concha y Toro Don Melchor

Robert Parker e as pontuações de todas as safras do vinho chileno Concha y Toro Don Melchor

Revelada a mais recente lista! Conheça os vinhos argentinos com as melhores pontuações para Robert Parker

 

Foi revelado o ranking de vinhos argentinos elaborado por Luis Gutiérrez para Robert Parker.com

Recentemete foi conhecido o ranking dos vinhos argentinos publicado por Luiz Gutiérrez, responsável das degustações dos vinhos argentinos e chilenos.

Gutiérrez escreveu uma materia que ele mesmo describio como a mais extensa que ele já escreveu sobre sua longa viagem pelas regiões vitivinícolas argentinas.

Nos primeiros puestos se destacam las bodegas Catena Zapata, Noemia, Achaval Ferrer, Zuccardi y Per Se, assim como também os vinhos de Alejandro Vigil, enólogo chefe de Catena Zapata, pero também de sus projetos pessoais Aleanna y ChachingoLegend.

Nas primeiras posições destaque especial para os vinhos de Catena Zapata, Achaval Ferrer, Zuccardi y Per Se, assim como também para os vinhos de Alejandro Vigil, enólogo chefe de Catena Zapata que possui projetos pessoais como Aleanna e Chachingo Legend.

98 pt. Catena Zapata Adrianna Vineyard Malbec 2011, Bodega Catena Zapata

98 pt. Catena Zapata Adrianna Vineyard Malbec 2011, Bodega Catena Zapata

 

Veja a lista abaixo com as melhores pontuações de vinhos argentinos elaborado por Luis Gutiérrez para Robert Parker.com:

 

– 98 pt. Gran Enemigo Single Vineyard Gualtallary Cabernet Franc 2011, Bodega Aleanna.

– 98 pt. Catena Zapata Adrianna Vineyard Malbec 2011, Bodega Catena Zapata

– 97 pt. White Bones Chardonnay 2011, Bodega Catena Zapata

– 97 pt. Noemía 2013, Bodega Nomía de Patagonia

– 97 pt. Per Se La Craie 2013, Per Se Vines

– 97 pt. Achaval Ferrer Malbec Finca Altamira 2013, Achaval-Ferrer

– 97 pt. Finca Piedra Infinita 2013, Zuccardi Wines

– 96 pt. Finca Canal Uco 2013, Zuccardi Wine

– 96 pt. Achaval Ferrer Malbec Finca el Mirador 2013, Achaval-Ferrer

– 96 pt. Per Se Jubileus 2013, Per Se Vines

– 96 pt. Colomé Altura Máxima Malbec 2012, Bodega Colomé

– 96 pt. Treinta y Dos 2013, Bodega Chacra

– 96 pt. Vivo o Muerto Gualtallary 2013, Vivo o Muerto

– 96 pt. Los Valientes 2013, Chachingo Legend

– 96 pr. White Stones Chardonnay 2011, Bodega Catena Zapata

Alejandro Vigil, enólogo chefe de Catena Zapata e Autor do El Gran Enemigo

Alejandro Vigil, enólogo chefe de Catena Zapata e Autor do El Gran Enemigo

 

Robert Parker. Os 50 melhores Torrontés na historia de Argentina

 

Conheça as pontuações de Robert Parker para a uva branca emblemática de Argentina

Cada vez que falamos da uva Malbec, de maneira inconsciente aparece na nossa cabeça a Argentina. E como não, se esse país tem feito da Malbec uma verdadeira bandeira de batalha com a qual tem obtido grandes resultados no mundo todo, e particularmente no Brasil, justamente Argentina o país que os consumidores brasileiros dão preferência, perdendo só dos vinhos chilenos.

A uva Torrontés segundo Robert Parker

A Torrontés é uma variedade de uva branca de origem espanhola, da região Galiza, muito semelhante à Moscatel da qual possui parentesco.

A uva é cultivada também na Argentina, Portugal e Bulgaria e vários outros países que a cada dia vai ganhando maior popularidade a nível mundial.

Quando se trata de vinhos brancos argentinos é a Torrontés a que tem o total protagonismo. Seus vinhos são extraordinariamente exuberantes, de uma grande riqueza aromática o que faz que eles sejam inconfundíveis frente a outras variedades de uvas brancas.

Na Argentina existem diversos tipos de Torrontés. A Torrontés Riojano é de total qualidade, enquanto a Torrontés Sanjuanino e Torrontés Mendocino são inferiores.

Robert Parker. Os 50 melhores Torrontés na historia de Argentina

Robert Parker. Os 50 melhores Torrontés na historia de Argentina

Veja o ranking com as 50 mais altas pontuações de Robert Parker para os Torrontes na historia.

 

SAFRA  NOME DO VINHO  PONTOS
2013 Susana Balbo Susana Balbo Signature Torrontes Barrel Fermented 93
2010 Bodegas El Porvenir de Los Andes Torrontes Laborum 92
2009 Bodegas Etchart Torrontes Gran Linaje 92
2012 Domingo Molina Hermanos Torrontes 92
2012 Finca Las Nubes Torrontes 92
2009 Alta Vista Premium Torrontes 91
2013 Alta Vista Premium Torrontes 91
2011 Bodegas y Vinedos O Fournier Urban Uco Torrontes 91
2011 Coquena Torrontes 91
2010 Crios de Susana Balbo Torrontes 91
2009 Manos Negras Torrontes 91
2011 Susana Balbo Late Harvest Torrontes 91
2010 Susana Balbo Torrontes Late Harvest 91
2009 Accuro Torrontes 90
2011 Alta Vista Premium Torrontes 90
2006 Alta Vista Premium Torrontes 90
2006 Bodega Cicchitti Torrontes 90
2006 Bodega Colome Torrontes 90
2010 Bodega Monteviejo Festivo Torrontes 90
2011 Bodegas Callia Torrontes Reservado 90
2006 Bodegas El Porvenir de Los Andes Torrontes Laborum 90
2008 Bodegas Etchart Torrontes Gran Linaje 90
2010 Camino del Inca Torrontes 90
2010 Carinae Torrontes 90
2011 Crios de Susana Balbo Torrontes 90
2008 Crios de Susana Balbo Torrontes 90
2007 Crios de Susana Balbo Torrontes 90
2009 Crios de Susana Balbo Torrontes 90
2009 Familia Zuccardi Torrontes Serie A 90
2011 Familia Zuccardi Torrontes Serie A 90
2013 Familia Zuccardi Torrontes Serie A 90
2009 Felix Lavaque Don Rodolfo Torrontes 90
2010 Felix Lavaque Felix Torrontes 90
2010 Filus Torrontes 90
2011 Finca Domingo Torrontes 90
2007 Michel Torino Torrontes Don David 90
2012 Passionate Wines La Via Revolucionaria Torrontes Brutal 90
2009 Piattelli Vineyards Premium Torrontes 90
2009 Susana Balbo Torrontes Late Harvest 90
2010 Terrazas de Las Andes Reserva Torrontes 90
2011 Tilia Torrontes 90
2006 Tittarelli Reserva 90
2008 Tukma Torrontes Reserva 90
2011 Vines Of Mendoza Recuerdo Torrontes 90
2013 Bodega Colome Torrontes 89
2009 Bodega Colome Torrontes 89
2008 Bodega Colome Torrontes 89
2009 Bodega Monteviejo Festivo Torrontes 89
2008 Bodega Tapiz Zolo Torrontes 89
2007 Bodegas Etchart Torrontes Late Harvest 89