Posts

Conheça os ganhadores de medalhas de Grande Ouro e Ouro do concurso Catad´Or Wine Awards 2017

Com 22 anos de trajetória, Catad’Or Wine Awards é o mais importante concurso de vinhos do Chile, e uma das mais conceituados da América Latina.

 

1 Gran Oro AGRICOLA ALCHEMYSTA LTDA Alchemy Carmenere Carmenere 2015 Peumo
2 Gran Oro CASA LAPOSTOLLE Lapostolle Categoria Piscos chilenos 2016 Valle del Elqui
3 Gran Oro CASA SILVA Casa Silva Quinta Generación Red Blend 2013 Tintos secos con mezcla de cepas 2013 Valle de Colchagua
4 Gran Oro VIÑA APALTAGUA GRIAL Carmenere 2012 Valle de Colchagua
5 Gran Oro EL PRINCIPAL El Principal Tintos secos con mezcla de cepas 2014 Valle del Maipo
6 Gran Oro WAKEFIELD/TAYLORS Wakefield/Taylors Cabernet Sauvignon 2014 AUSTRALIA
7 Gran Oro SAN JOSE DE APALTA San José de Apalta BLUE LABEL Carmenere 2015 Peumo
8 Gran Oro VIÑA LA ROSA Ossa Tintos secos con mezcla de cepas 2009 Valle del Cachapoal
9 Gran Oro VINOS ARANJUEZ – MILCAST CORP. Aranjuez Tannat Origen Tannat 2015 BOLIVIA
10 Gran Oro ALTAMILLO Altamillo Malbec 2012 MENDOZA
11 Gran Oro VALDIVIESO Caballo Loco Grand Cru Apalta 2011 Cabernet Sauvignon 2011 Valle de Colchagua
12 Gran Oro WAKEFIELD/TAYLORS Wakefield/Taylors Cabernet Sauvignon 2013 AUSTRALIA
13 Gran Oro FOLATRE PICHAMAN ASSEMBLAGE Tintos secos con mezcla de cepas 2016 Valle de Curicó
14 Gran Oro EL AROMO Dogma Reserva Especial Otros Tintos 2014 Valle del Maule
15 Gran Oro SOCIEDAD AGROINDUSTRIAL DEL VALLE LTD SINGANI DON LUCHO – CASA REAL Otros Espirituosos 2015 BOLIVIA
16 Gran Oro MIGUEL TORRES Pisco El Gobernador Categoria Piscos chilenos 0 Valle del Limarí
17 Oro CASA SILVA Doña Dominga Gran Reserva de los Andes Carmenere 2015 Carmenere 2015 Valle de Colchagua
18 Oro BODEGAS Y VDOS.CARMINE GRANATA SA Nicolás Granata Malbec 2011 Malbec 2011 MENDOZA
19 Oro CALITERRA Edición Limitada A Malbec 2015 Valle de Colchagua
20 Oro VIK LA PIU BELLE Tintos secos con mezcla de cepas 2011 Valle del Cachapoal
21 Oro ARESTI Código de Familia 380 Tintos secos con mezcla de cepas 2012 Valle de Curicó
22 Oro CHOCALÁN Chocalan Origen Carmenere Gran Reserva Carmenere 2015 Valle del Maipo
23 Oro MIGUEL TORRES Cordillera Carignan Vigno Carignan 2014 Valle del Maule
24 Oro VIK VIK Tintos secos con mezcla de cepas 2012 Valle del Cachapoal
25 Oro SANTA RITA – CARMEN CASA REAL RESERVA ESPECIAL CABERNET SAUVIGNON Cabernet Sauvignon 2012 Valle del Maipo
26 Oro LA RONCIERE Solares Tintos secos con mezcla de cepas 2012 Valle de Colchagua
27 Oro CASAS DEL TOQUI LEYENDA DEL TOQUI Tintos secos con mezcla de cepas 2013 Valle del Cachapoal
28 Oro FLAHERTY WINES LTDA Flaherty Tintos secos con mezcla de cepas 2015 Valle del Aconcagua
29 Oro MIGUEL TORRES Cordillera Brut Brut o seco (hasta 15 gr/lt azúcar) 2014 Valle de Curicó
30 Oro COOPERATIVA AGRICOLA PISQUERA LTDA Alto del Carmen Envejecido Categoria Piscos chilenos 0 Valle del Limarí
31 Oro SIEGEL KETRAN Tintos secos con mezcla de cepas 2013 Valle de Colchagua
32 Oro UNDURRAGA Sibaris Carmenere 2015 Carmenere 2015 Valle de Colchagua
33 Oro SANTA EMA Santa Ema – Amplus One Carmenere Carmenere 2015 Valle del Cachapoal
34 Oro MIGUEL TORRES Cordillera Cabernet Sauvignon Cabernet Sauvignon 2013 Valle del Maipo
35 Oro CASA VALDUGA VINHOS FINOS LTDA Casa Valduga Gran Extra Brut Brut o seco (hasta 15 gr/lt azúcar) 2011 RIO GRANDE DO SUL
36 Oro DOÑA PAULA DOÑA PAULA 1100 Tintos secos con mezcla de cepas 2014 MENDOZA
37 Oro MONTES Montes Alpha Carmenere Carmenere 2015 Valle de Colchagua
38 Oro CASA SILVA Casa Silva 5 Cepas 2016 Tintos secos con mezcla de cepas 2016 Valle de Colchagua
39 Oro BODEGA ESTANCIA MENDOZA Condor Andino Reserva Malbec 2015 Malbec 2015 MENDOZA
40 Oro EDUARDO VIDAL WINES Nube Negra Malbec 2014 Malbec 2014 MENDOZA
41 Oro BAUZA Ensamblaje Carmenere 2014 Valle del Maipo
42 Oro BODEGA ESTANCIA MENDOZA Canciller Reserva Malbec 2015 Malbec 2015 MENDOZA
43 Oro CONO SUR Cono Sur Silencio Cabernet Sauvignon 2012 Valle del Maipo
44 Oro REQUINGUA Laku Icono – The Final Blend 2012 Tintos secos con mezcla de cepas 2012 OTRO
45 Oro SANTA RITA – CARMEN MEDALLA REAL GRAN RESERVA CABERNET SAUVIGNON Cabernet Sauvignon 2013 Valle del Maipo
46 Oro CASA SILVA Casa Silva Reserva Cuvee Colchagua Syrah 2016 Syrah 2016 Valle de Colchagua
47 Oro CASAS DEL BOSQUE Carmenere Reserva Carmenere 2015 Valle de Rapel
48 Oro CASA SILVA Doña Dominga Reserva de Familia Syrah 2016 Syrah 2016 Valle de Colchagua
49 Oro INDAP BRUTALL LUCIA TORRES (VINO CAMPESINO) Brut o seco (-15 gr/lt azúcar) 2016 Valle del Itata
50 Oro AGRICOLA SAN FELIX S.A Pisco Mulet Categoria Piscos chilenos 2015 Atacama Valle del Huasco
51 Oro COOPERATIVA AGRICOLA PISQUERA LTDA Alto del Carmen Reservado Categoria Piscos chilenos 0 Valle del Limarí
52 Oro MONTES Montes Alpha Cabernet Sauvignon Cabernet Sauvignon 2014 Valle de Colchagua
53 Oro LAS VELETAS Las Veletas Tintos secos con mezcla de cepas 2014 Valle del Maule
54 Oro EL AROMO Dogma Reserva Especial Tintos secos con mezcla de cepas 2013 Valle del Maule
55 Oro DOÑA JOSEFA DE ELQUI PISCO ARTESANAL DOÑA JOSEFA DE ELQUI Categoria Piscos chilenos 2016 Valle del Elqui
56 Oro CHATEAU LOS BOLDOS Chateau Los Boldos Vieilles Vignes Cabernet Sauvignon 2015 Valle del Cachapoal
57 Oro BISOGNO WINES LTDA El Perla Pais 2014 Valle del Maule
58 Oro CASAS PATRONALES Tonaroma Reserva de Familia Cabernet Sauvignon Cabernet Sauvignon 2012 Valle del Maule
59 Oro CASAS PATRONALES Wise Monkey Reserva de Familia Cabernet Sauvignon 2012 Valle del Maule
60 Oro SIEGEL SIEGEL UNIQUE SELECTION Tintos secos con mezcla de cepas 2013 Valle de Colchagua
61 Oro INVINA Tricky Rabbit Tintos secos con mezcla de cepas 2016 Valle del Maule
62 Oro INDAP DON CLAUDIO ESPUMANTE BRUT (VINO CAMPESINO) Brut o seco (hasta 15 gr/lt azúcar) 2016 Valle del Itata
63 Oro TRES PALACIOS Tres Palacios Reserva Sauvignon Blanc Sauvignon Blanc 2017 Valle del Maipo
64 Oro TIERRA DE POETAS Tierra de Poetas Carmenere 2015 Valle de Colchagua
65 Oro SANTA RITA – CARMEN CARMEN GOLD RESERVE CABERNET SAUVIGNON Cabernet Sauvignon 2010 Valle del Maipo
66 Oro COOPLONCOMILLA kimche Carignan Reserva Carignan 2016 Valle del Maule
67 Oro CIA BRASILERA DE DISTRIBUCAO CDS ESPUM NAC MOSCATEL 750ML Doux espumante 2007 RIO GRANDE DO SUL
68 Oro INDAP MORA REYES SECANO S. V.CINSAULT ROSE (VINO CAMPESINO) Vinos Rosados tranquilos 2016 Valle del Itata
69 Oro CASA VALDUGA VINHOS FINOS LTDA Casa Valduga 130 Brut o seco (hasta 15 gr/lt azúcar) 0 RIO GRANDE DO SUL
70 Oro CASAS DEL TOQUI COURT ROLLAN BLANC DE BLANCS EXTRA BRUT Brut o seco (hasta 15 gr/lt azúcar) 2015 Valle del Cachapoal
71 Oro VIÑA APALTAGUA COLECCION Carignan 2015 Valle del Maule
72 Oro MILLAMAN Paya Malbec Malbec 2015 Valle de Curicó
73 Oro BISOGNO WINES LTDA Bisogno Tintos secos con mezcla de cepas 2013 Valle del Maule
74 Oro UNIVERSIDAD DE SANTIAGO DE CHILE ERNESTO PERFECTO Pais 2015 Atacama Valle del Huasco
75 Oro GARIBALDI WINES LTDA. Maurizio Garibaldi – Lemu Malbec 2014 Valle del Maipo
76 Oro VINÍCOLA GAZZARO LTDA VINHO MOSCATEL ESPUMANTE-GAZZARO Demi sec o Semi Seco (-40 gr/lt) 0 RIO GRANDE DO SUL
77 Oro BAUZA Presumido Carmenere 2015 Valle del Maipo
78 Oro ERRAZURIZ MAX RESERVA CABERNET SAUVIGNON 2015 Cabernet Sauvignon 2015 Valle del Aconcagua
79 Oro COOPERATIVA AGRICOLA PISQUERA LTDA Capel Transparente Categoria Piscos chilenos 0 Valle del Limarí
80 Oro LUIS FELIPE EDWARDS Doña Bernarda Tintos secos con mezcla de cepas 2013 Valle de Colchagua
81 Oro BODEGA ESTANCIA MENDOZA Canciller Reserva Cabernet Sauvignon 2015 Cabernet Sauvignon 2015 MENDOZA
82 Oro PERALILLO WINES HSUR 8515 Reserve Tintos secos con mezcla de cepas 2015 Valle de Colchagua
83 Oro DALBOSCO DALBOSCO RESERVA ENSAMBLAJE 2016 Tintos secos con mezcla de cepas 2016 Valle del Limarí
84 Oro VALLE SECRETO SA Private Cabernet Franc Cabernet Franc 2013 Valle del Cachapoal
85 Oro INDÓMITA Espumante Indómita Brut Brut o seco (hasta 15 gr/lt azúcar) 0 Valle de Casablanca
86 Oro SANTA EMA Santa Ema – EMA Brut o seco (hasta 15 gr/lt azúcar) 2013 Valle de Leyda
87 Oro ANTAWARA Antawara Reserva Merlot 2014 Valle del Maule
88 Oro VERAMONTE Veramonte Pinot Noir 2015 Valle Central
89 Oro VINÍCOLA GAZZARO LTDA VINHO BRANCO ESP. NATURAL BRUT- TRADICIONAL- GAZZARO Brut o seco (hasta 15 gr/lt azúcar) 0 RIO GRANDE DO SUL
90 Oro SUTIL La PLaya Estate Series Viognier Viognier 2016 Valle de Colchagua
91 Oro ERRAZURIZ DON MAXIMIANO FOUNDER’S RESERVE Tintos secos con mezcla de cepas 2014 Valle del Aconcagua
92 Oro VALLE FRIO VF Red Blend Tintos secos con mezcla de cepas 2013 Valle del Maule
93 Oro COOPLONCOMILLA Kimche Syrah Reserva Syrah 2016 Valle del Maule
94 Oro KORTA Korta Barrel Selection Cabernet Sauvignon Tintos secos de una cepa 2015 Valle del Maule
95 Oro ESTAMPA ESTAMPA FINA RESERVA CABERNET SAUVIGNON Tintos secos con mezcla de cepas 2014 Valle de Colchagua
96 Oro CASAS PATRONALES Casas Patronales Maucho Malbec 2013 Valle del Maule
97 Oro CONO SUR CONO SUR 20 BARRELS Chardonnay 2016 Valle de Casablanca
98 Oro BODEGAS VOLCANES DE CHILE TECTONIA Tintos secos con mezcla de cepas 2013 Valle Central
99 Oro UNDURRAGA Undurraga Rosé Royal Brut o seco (hasta 15 gr/lt azúcar) 0 Valle de Leyda
100 Oro FOLATRE Folatre Brut Brut o seco (hasta 15 gr/lt azúcar) 2015 Valle de Curicó
101 Oro INDAP MAGENTA VINO TINTO CINSAULT 2016 (VINO CAMPESINO) Cinsault 2016 Valle del Itata
102 Oro RPB SA Ricordi Malbec Malbec 2014 MENDOZA
103 Oro ERRAZURIZ MAX RESERVA PINOT NOIR 2015 Pinot Noir 2015 Valle del Aconcagua
104 Oro CASAS DEL BOSQUE Syrah Pequeñas Producciones Syrah 2015 Valle de Casablanca
105 Oro COOPERATIVA VINÍCOLA GARIBALDI LTDA Espumante Garibaldi Moscatel Doux espumante 0 RIO GRANDE DO SUL
106 Oro ESTAMPA ESTAMPA RESERVA CABERNET SAUVIGNON Tintos secos con mezcla de cepas 2015 Valle de Colchagua
107 Oro VIÑA LA ROSA La Rosa Carmenere Carmenere 2013 Peumo
108 Oro EL RADAL LTDA Domain Dussaillant Lehmann Brut o seco (hasta 15 gr/lt azúcar) 2014 Valle del Maule
109 Oro VULTURWINES VULTUR GRYPHUS Tintos secos con mezcla de cepas 2014 Valle de Colchagua
110 Oro COOPERATIVA AGRICOLA PISQUERA LTDA Monte Fraile Categoria Piscos chilenos 0 Valle del Limarí
111 Oro BAUZA Pisco Reservado 40° Categoria Piscos chilenos 0 Valle del Limarí
112 Oro BLU WINES BLU Carignan 2013 Valle del Maule
113 Oro MASSENEZ Flaviata Assemblage Tintos secos con mezcla de cepas 2016 Valle del Cachapoal
114 Oro PERALILLO WINES HSUR 6040 Tintos secos con mezcla de cepas 2015 Valle de Colchagua
115 Oro VIÑEDOS Y BODEGAS CAMPOS DE SOLANA ESTHER ORTIZ GRAN RVA. DE FAMILIA – CAMPOS DE SOLANA Petit Verdot 2015 BOLIVIA
116 Oro ESTAMPA ESTAMPA GOLD Tintos secos con mezcla de cepas 2014 Valle de Colchagua
117 Oro CASAS DEL BOSQUE BO Brut o seco (hasta 15 gr/lt azúcar) 2014 Valle de Casablanca
118 Oro INDAP NÜYÜN CINSAULT (VINO CAMPESINO) Cinsault 2016 Valle del Itata
119 Oro VALDIVIESO Valdivieso ECLAT VIGNO 2011 Carignan 2011 Valle del Maule
120 Oro CASA SILVA Casa Silva Reserva Cuvee Colchagua Cab.Sauvignon 2016 Cabernet Sauvignon 2016 Valle de Colchagua
121 Oro ANTAWARA Antawara La Estrella Cabernet Sauvignon 2011 Valle del Maipo
122 Oro PORTAL DEL ALTO Special Selection Alejandro Hernandez Cabernet Sauvignon 2014 Valle del Maipo
123 Oro VIN. REGIONAL DE ENSENADA SA DE CV Inspiracion Coco Nebbiolo Nebiollo 2014 MEXICO
124 Oro ALTO QUILIPIN Alto Quilipin Malbec Reserve Malbec 2014 Valle del Maule
125 Oro CIA BRASILERA DE DISTRIBUCAO CDS VH CHI TTO MERLOT 750ML – 2016 Merlot 2016 Valle Central
126 Oro CASA SILVA Casa Silva Quinta Generación White Blend 2015 Blancos secos con mezcla de cepas 2015 Valle de Colchagua
127 Oro MASSENEZ Donum Red Assemblage Tintos secos con mezcla de cepas 2014 Valle del Cachapoal
128 Oro LAS NIÑAS (DEL NUEVO MUNDO) Las Niñas Gran Reserva Cabernet Sauvignon – Merlot 2015 Tintos secos con mezcla de cepas 2015 Apalta
129 Oro MORETTA WINES Carigno del Maule Carignan 2015 Valle del Maule
130 Oro CIA BRASILERA DE DISTRIBUCAO CDS VH CHI TTO MALB RSV 750ML – 2016 Malbec 2016 Valle Central
131 Oro CASA SILVA Doña Dominga Syrah 2016 Syrah 2016 Valle de Colchagua
132 Oro VINICOLA GEISSE LTDA. Victoria Geisse Extra Brut Vintage Reserva Brut o seco (hasta 15 gr/lt azúcar) 2015 RIO GRANDE DO SUL
133 Oro BODEGA ESTANCIA MENDOZA Estancia Mendoza Malbec Roble 2014 Malbec 2014 MENDOZA

 

Conheça os ganhadores de medalhas de Grande Ouro e Ouro do concurso Catad´Or Wine Awards 2017

Conheça os ganhadores de medalhas de Grande Ouro e Ouro do concurso Catad´Or Wine Awards 2017

Papa Francisco ganha diploma de Sommelier

 

Na última semana, o papa Francisco ganhou uma designação honorário de sommelier.

O diploma foi concedido durante a visita de Franco Maria Ricci, presidente da Associação Italiana de Somemeliers, e de uma delegação composta por 180 produtores de vinho, sommelier e críticos. “Eu bebo um pouco de vinho italiano e de outros países. Mas só um pouco”, disse o papa ao site Breitbart, que já disse em um evento no último ano que “sem vinho, não há festa. Imagine terminar um banquete só com chá!”.

Ricci teve a ideia de pedir uma reunião com o papa depois das inúmeros declarações de Francisco falando bem da bebida. “É uma honra e encorajamento para nosso trabalho”, disse ele. Na Bíblia, há 224 referências a vinho – talvez por isso, Francisco não seja o único papa a falar sobre a bebida. Seu antecessor, Bento XVI, também falava constantemente sobre vinho e mencionou a bebida em seu primeiro discurso como sumo-pontífice – ele disse “sou um simples e humilde trabalhador na vinícola do Senhor”.

 

Papa Francisco ganha diploma de Sommelier

Papa Francisco ganha diploma de Sommelier

 

Fonte: Estadão

O ranking The World’s 50 Best Restaurants 2017

Foi divulgada a lista “50 Best” que aponta anualmente os 50 Melhores Restaurantes do Mundo, de acordo com a revista britânica The Restaurant.

O campeão desse ano foi o nova-iorquino Eleven Madison Park, de Daniel Humm e Will Guidara.

O segundo lugar ficou com o melhor de 2016, a Osteria Francescana (Itália), de Massimo Bottura.

O El Celler de Can Roca (Espanha), de Joan, Josep e Jordi Roca, ficou em terceiro lugar.

O francês Mirazur, da cidade de Menton, sob o comando do chef Mauro Colagreco, terminou no quarto lugar.

O peruano Central, de Virgilio Martínez e Pia Leon, atingiu a 5º colocação.

O D.O.M., do chef Alex Atala, é o único brasileiro da lista e ficou na 16ª colocação.

 

O ranking The World’s 50 Best Restaurants 2017

O ranking The World’s 50 Best Restaurants 2017

 

Confira a lista completa: O ranking The World’s 50 Best Restaurants 2017:

 

  1. Eleven Madison Park New York City, Nova York, Estados Unidos
    2. Osteria Francescana, Modena, Itália
    3. El Celler de Can Roca, Girona, Espanha
    4. Mirazur, Menton, França
    5. Central, Lima, Peru
    6. Asador Etxebarri, Atxondo, Espanha
    7. Gaggan, Bangkok, Tailândia
    8. Maido, Lima, Peru
    9. Mugaritz, San Sebastián, Espanha
    10. Steirereck, Viena, Áustria
    11. Blue Hill at Stone Barns, Pocantico Hills, Estados Unidos
    12. Arpege, Paris, França
    13. Alain Ducasse au Plaza Athénée, Paris, França
    14. Restaurant Andre, Cingapura
    15. Piazza Duomo, Alba, Itália
    16. D.O.M, São Paulo, Brasil
    17. Le Bernardin, Nova York, Estados Unidos
    18. Narisawa, Tóquio, Japão
    19. Geranium, Copenhagen, Dinamarca
    20. Pujol, Cidade do México, México
    21. Alinea, Chicago, Estados Unidos
    22. Quintonil, Cidade do México, México
    23. White Rabbit, Moscou, Rússia
    24. Amber, Hong Kong
    25. Tickets, Barcelona, Espanha
    26. The Clove Club, Londres, Inglaterra
    27. The Ledbury London, Londres, Inglaterra
    28. Nahm, Bangkok, Tailândia
    29. Le Calandre, Rubano, Itália
    30. Arzak, San Sebastián, Espanha
    31. Alléno Paris au Pavillon Ledoyen, Paris, França
    32. Attica, Melbourne, Austrália
    33. Astrid y Gaston, Lima, Peru
    34. De Librije, Zwolle, Holanda
    35. Septime, Paris, França
    36. Dinner by Heston Blumenthal, Londres, Inglaterra
    37. Saison, São Francisco, Estados Unidos
    38. Azurmendi, Larrabetzu, Espanha
    39. Relae, Copenhagen, Dinamarca
    40. Cosme, Nova York, Estados Unidos
    41. Ultraviolet by Paul Pairet, Xangai, China
    42. Boragó, Santiago, Chile
    43. Reale, Castel di Sangro, Itália
    44. Brae, Birregurra, Austrália
    45. Den, Tóquio. Japão
    46. L’Astrance, Paris, França
    47. Vendôme, Bergisch Gladbach, Alemanha
    48. Restaurant Tim Raue, Berlim, Alemanha
    49. Tegui, Buenos Aires, Argentina
    50. Hof Van Cleeve, Kruishoutem, Bélgica

 

Os prêmios de melhores chefs ficaram com o peruano Virgilio Martínez e a esolvena Ana Roš.

 

Fonte: Vogue e The World’s 50 Best Restaurants

 

Os 50 melhores restaurantes da América Latina em 2016: confira a lista completa

Lista completa do ranking 50 Best latino-americano

Pela terceira vez consecutiva, o peruano Central é eleito o melhor restaurante da América Latina.

A lista dos 50 melhores restaurantes da região foi anunciada nesta segunda-feira (26), em uma cerimônia na Cidade do México.

O brasileiros estão bem representados no ranking. O D.O.M., de Alex Atala, é o mais bem colocado na lista: subiu do quarto para o terceiro lugar este ano. O Maní, de Helena Rizzo e Daniel Redondo, se manteve na oitava posição. Além deles, outros seis restaurantes nacionais estão na lista, sendo duas novidades: Tuju, de Ivan Ralston, e A Casa do Porco, de Jefferson Rueda.

 

Os 50 melhores restaurantes da América Latina em 2016: confira a lista completa

Os 50 melhores restaurantes da América Latina em 2016: confira a lista completa

 

LISTA COMPLETA
  1. Central, Lima (Peru)
  2. Maido, Lima (Peru)
  3. D.O.M., São Paulo (Brasil)
  4. Boragó, Santiago (Chile)
  5. Pujol, Cidade do México (México)
  6. Quintonil, Cidade do México (México)
  7. Astrid y Gastón, Lima (Peru)
  8. Maní, São Paulo (Brasil)
  9. Tegui, Buenos Aires (Argentina)
  10. Biko, Cidade do México (México)
  11. Sud 777, Cidade do México (México)
  12. La Mar, Lima (Peru)
  13. El Baqueano, Buenos Aires (Argentina)
  14. Gustu, La Paz (Bolívia)
  15. Amaranta, Toluca (México)
  16. Leo Cocina, Bogotá (Colômbia)
  17. Olympe, Rio de Janeiro (Brasil)
  18. Lasai, Rio de Janeiro (Brasil)
  19. Pangea, Monterrey (México)
  20. Ambrosia, Santiago (Chile)
  21. Don Julio, Buenos Aires (Argentina)
  22. 99 Restaurante, Santiago (Chile)
  23. Parador La Huella, José Ignacio (Uruguai)
  24. A Casa do Porco, São Paulo (Brasil)
  25. Roberta Sudbrack, Rio de Janeiro (Brasil)
  26. Aramburu, Buenos Aires (Argentina)
  27. Osso Carnicería y Salumeria, Lima (Peru)
  28. Mocotó, São Paulo (Brasil)
  29. Criterión, Bogotá (Colômbia)
  30. Rafael, Lima (Peru)
  31. Elena, Buenos Aires (Argentina)
  32. Alto, Caracas (Venezuela)
  33. La Cabrera, Buenos Aires (Argentina)
  34. Fiesta, Lima (Peru)
  35. Chila, Buenos Aires (Argentina)
  36. Maito, Cidade do Panamá (Panamá)
  37. Nicos, Cidade do México (México)
  38. Malabar, Lima (Peru)
  39. Corazon de Tierra,, Baja California (México)
  40. Harry Sasson, Bogotá
  41. Isolina, Lima (Peru)
  42. 1884, Mendoza (Argentina)
  43. Osaka, Santigo (Chile)
  44. Remanso do Bosque, Belém (Brasil)
  45. Tuju, São Paulo (Brasil)
  46. La Bourgogne, Punta del Leste (Uruguai)
  47. Tierra Colorada, Assunção (Paraguai)
  48. Dulce Patria, Cidade do México (México)
  49. Andres Carne de Res, Bogotá (Colômbia)
  50. Pura Tierra, Bueno Aires (Argentina)

 

Veja também:

 

 

‘Game of Thrones’ ganha linha de vinhos inspirada na série

‘The Wines of Westeros’ apresenta doze sabores que levam, cada um, o nome de uma casa ou grupo da série

Na série Game of Thrones, o vinho pode ser considerado um personagem do elenco, que causa reviravoltas e até mesmo assassinatos. Sendo assim, nada mais apropriado que uma coleção de vinhos inspirada no seriado para ser compartilhada pelos fãs – sem o risco de morte, claro.

Segundo o site da revista americana Entertainment Weekly, no ano que vem, antes da estreia da quinta temporada da série, será lançado o The Wines of Westeros, composto por doze sabores de vinhos, batizados com os nomes das casas ou facções dos reinos de Westeros.

O sabor das bebidas está relacionado ao temperamento dos personagens das casas. “Os vinhos tintos são associados às casas com pessoas robustas e de personalidade forte”, diz Jane Burlop, assessora do projeto. “Os brancos, por outro lado, são para os personagens mais misteriosos e perceptivos”.

No site oficial da coleção, cada vinho tem uma explicação divertida relacionada ao nome. A família Stark, por exemplo, dá nome ao vinho suave Sauvignon Blanc. “O inverno está chegando. Pegue seus casacos de pele, chame seu lobo gigante e rejeite todos os convites para casamentos”, diz a descrição.

Já a casa The Targaryen é “dona” do vinho tinto Syrah. “Siga a mãe dos dragões entre as chamas e você será liberto das correntes. Servir com o coração cru de um cavalo. Terminar esta garrafa antes que seus dragões apareçam.” O valor das garrafas ainda não foram divulgados. Quem acessar o site, pode deixar seu e-mail para contato e selecionar qual vinho o interessa, para ser avisado da disponibilidade para compra assim que o produto estiver disponível.

‘Game of Thrones’ ganha linha de vinhos inspirada na série

‘Game of Thrones’ ganha linha de vinhos inspirada na série

 

Veja Também:

 

 

 

A uva Pinot Noir: Os vinhos mais elegantes do mundo

Os vinhos da uva Pinot Noir são fascinantes.  Mágicos e extremadamente delicados

A Pinot Noir é considerada a uva mais difícil de cultivar e de difícil adaptação, mas também é considerada como a uva que produz os vinhos mais elegantes do mundo, sem deixar de mencionar que desta uva provém os vinhos com borbulhas mais interessantes do mundo todo, os Champagnes.

Esta uva tem uma grande diferenciação com as outras tintas nobres: ela não pode ser misturada com outras uvas (exceto nos Champagnes) tintas, já que, como a sua maior virtude é sua sutileza, fazendo parte de um blend ficam ocultadas atrás da opulência e potência das outras uvas tintas.

Ela é considerada a uva “branca” dentro das tintas, e, deste ponto de vista, ela sempre está no extremo da macies e é o contraponto da uva Cabernet Sauvignon. Ao servi-la, ela se expressa melhor em baixas temperaturas; e quando se trata de Pinot Noir frutados, varietais (sem madeira) e simples, muitas vezes devem ser servidas à mesma temperatura que alguns vinhos brancos, ou seja, em torno dos 12°C – o que comparada com a Cabernet Sauvignon, que é servida na faixa dos 17°C ou 18°C, é uma diferença muito marcante.

A uva Pinot Noir Os vinhos mais elegantes do mundo

A uva Pinot Noir Os vinhos mais elegantes do mundo

O clima da uva Pinot Noir

Em termos climáticos, a Pinot Noir necessita, obrigatoriamente, de climas frios e secos, já que sua pele é muito fina e é altamente sensível às enfermidades provocadas pela umidade (como, por exemplo, a Botrytis Cinerea), razão pela qual tem sido muito difícil sua adaptação às outras regiões fora de seu berço, que é a maravilhosa Bourgogne.

Quando plantada em climas calorosos, seus vinhos são muito desequilibrados e falhos de acidez e seus aromas e sabores são extremamente maduros, lembrando a marmelada, o que, no caso desta uva, é considerado um fator negativo.

Uma característica importante da uva Pinot Noir é que ela tem uma mínima concentração de antocianinas (pigmento/cor) nas células da sua pele, portanto seus vinhos sempre têm um aspecto visual claro e algumas vezes quase rosado, o que por outro lado ajuda na sua característica e fama de produzir os vinhos mais sedosos e suaves do mundo – isto se deve aos seus taninos de textura muito aveludada, muito delicados.

Vinhos da bourgogne

Vinhos da bourgogne

A uva Pinot Noir fora da Bourgogne

Fora da Bourgogne, a Pinot Noir tem conseguido excelentes resultados nos Estados Unidos, onde Napa e Sonoma (em Califórnia) e Oregon são as regiões que mais se destacam. Em Nova Zelândia podem também se encontrar vinhos elaborados com uva Pinot Noir de altíssimo nível, principalmente os que provêm de Malborough, região vitivinícola localizada na parte norte da ilha do sul.

No caso da América do Sul, o Chile é o país que tem demostrado o maior avanço qualitativo com esta uva, e que tem ganhado grande destaque na última década. Isto principalmente devido à procura de climas mais frescos com influência marítima, o que favorece ao crescimento e à qualidade dos vinhos desta uva. Casablanca, localizada na metade do caminho entre Santiago e Valparaiso, é uma região já consagrada e com mais de uma dezena de produtores que têm tido muito sucesso com esta uva.

Já algo mais perto do oceano pacífico, na região de San António, se encontra alguns dos Pinot Noir de maior qualidade deste país, o que se diferencia por seu caráter extremamente fresco e mineral. A mais recente região localizada a 400 quilômetros ao norte de Santiago, o Vale de Limarí, está também se destacando como um lugar muito interessante para a produção de grandes Pinot Noir.

A Argentina mesmo já tem se destacado com vinhos elaborados com esta uva e, embora que Mendoza seja considerada sua região emblemática já consolidada no mundo e amplamente conhecida pela Malbec, não tenha um clima apropriado para a produção desta uva (que gosta do frio). Os resultados na região do Rio Negro, na Patagônia Argentina, também são muito alentadores.

A uva Pinot Noir no Brasil

No Brasil, os produtores e vinícolas locais também têm manifestado certo interesse por esta variedade, e embora que todos concordem, nas dificuldades e alto custo de investimento em investigações, os resultados obtidos até agora no Rio Grande do Sul e na Serra Catarinense sugerem um futuro promissor.

 

Veja Também:

 

 

Ex Melhor Sommelier do mundo surpreende com declarações sobre Chile e China

Foi durante sua passagem em grandes hotéis suíços que Paolo Basso, eleito o Melhor Sommelier do Mundo em 2013, ficou fascinado pelo mundo do vinho e decidiu expandir seu conhecimento em hotelaria com uma especialização no campo profissional do vinho. Focado neste objetivo, alcançou o diploma de Sommelier Profissional, emitido pela “Association Suisse Sommeliers Professionnels”. Além de sua experiência em hotéis, Paolo Basso, trabalhou por vários anos em restaurantes e na área de vinhos raros e colecionáveis, área onde ele se estabeleceu como especialista.

 

Ao longo de sua carreira, Paolo Basso conquistou diversos títulos, sendo eles:

1997 – Melhores Sommelier da Suíça;

2000 – O segundo melhor Sommelier do mundo;

2004 – O segundo melhor Sommelier da Europa;

2006 – O segundo melhor Sommelier da Europa;

2007 – O segundo melhor Sommelier do mundo;

2008 – O segundo melhor Sommelier da Europa

2010 – O segundo melhor Sommelier do mundo;

2013 – Melhor Sommelier do Mundo 2013.

Ex Melhor Sommelier do mundo surpreende com declarações sobre Chile e China. 2

Em entrevista ao jornal francês La Gruyere, Paolo Basso, expressou opiniões acerca de suas expectativas em relação ao mundo do vinho e seus progressos, que destacamos abaixo em dois conceitos:

Que países poderiam se impor no futuro no mercado mundial do Vinho?

Em termos de qualidade, o vinho chileno poderia tomar esse curso. Até agora o Chile tem se destacado pela produção de vinhos de uma boa relação de preço – qualidade, mas as coisas estão mudando. Os chilenos agora têm uma melhor compreensão dos solos e da terra e, além disso, este país têm a grande avantajem de não ter doenças nas videiras, como a “filoxera” e o “mildiu”. Podemos esperar ver a chegada de uma onda de grandes vinhos Chilenos. Depois temos os Chineses, que me surpreendem cada dia.

 

Você realmente acredita nos vinhos da China?

Sim. A China pode muito bem se impor no extremo inferior da pirâmide, onde estão os vinhos mais baratos. Durante os últimos 10 anos os chineses têm feito vinhos de uma qualidade razoável, mas em pequena escala. Os negócios em conjunto Itália-China, França-China e China-Austrália foram criados desta maneira. Dentro de cinco anos os chineses estarão prontos comercialmente. Eles já têm dominado não só a produção, e vão se ver obrigados a vender seu vinho fora do seu pais. Os Chineses não têm a cultura do vinho e pode ser impensável, para a minha geração, uma evolução deste mercado. Mas sim, acredito que isto chegará para os mais jovens consumidores de vinhos.

Veja Também:

Finalmente um português vai colaborar com o guia de vinhos mais vendido do mundo!

André Ribeirinho, um dos fundadores da plataforma de vinhos Adegga, será o primeiro português a recomendar os vinhos nacionais no Hugh Johnson’s Pocket Wine Book, o guia de vinhos mais vendido do mundo (cerca de 12 milhões de cópias).

Anteriormente, a responsabilidade da seleção dos vinhos portugueses era da escritora e crítica de vinhos britânica Sara Ahmed, que continuará a trabalhar com Portugal, mas noutra vertente.

André Ribeirinho será a partir de agora o responsável pela seleção dos vinhos e produtores portugeses que entram no guia. Nas edições anteriores, Portugal entrava em conjunto com a Espanha, enquanto que agora terá uma secção exclusiva e um maior número de referências.

André Ribeirinho foi considerado, em 2010, a Personalidade do Ano na área do vinho pelo jornal Diário de Notícias ed Portugal, e participa regularmente no painel de jurados do Concurso Mundial de Bruxelas e é co-fundador da #winelover, comunidade com 21 000 membros.

 

Hugh Johnson's Pocket Wine Book

Hugh Johnson’s Pocket Wine Book

 

André Ribeirinho

Viña Marty Love Tinto, 2014

País Chile
Volume 750 ml
Tipo Tinto
Safra 2014
Uva 55% Cabernet Sauvingon, 25% Carménère e 25% Syrah
Teor Alcoólico 13,00%
Amadurecimento 6 meses em barricas de segundo uso
Viña Marty Love Tinto, 2014

Viña Marty Love Tinto, 2014

 

Visual Vermelho rubi com tons violáceos.
Olfativo A proposta desse vinho cativa pela sua pureza e forma na qual expressa seus aromas, em distintas camadas. Inicialmente as notas de framboesas se destacam, deixando suaves nuances balsâmicas tendo como coadjuvantes as especiarias, formando um nariz muito sedutor, maduro e muito moderno, com claras notas a eucapilpus, as que se intensificam com a oxidação do vinho na taça.
Gustativo Continua com um excelente nível também no paladar, com os elementos primários provenientes da uva sempre tendo o controle. Seus taninos, apesar da juventude, são de uma textura sedosa, integrados num corpo médio, que flui com agilidade. Um ótimo blend chileno, muito estilizado, que a pessar de sua simpleza resulta moderno e atrativo.
Dica de Harmonização Medalhão de mignon grelhado em molho de quatro queijo.

Codorna selvagem recheada ao molho de especiarias.

Galinha d’Angola ao forno, arroz basmati ao molho do assado e especiarias.

Carré de cabrito em crosta de ervas.

Ossobuco cozido lentamente em molho de pomodoro e arroz.

Filé grelhado ao molho Dijón sobre torta de baroa crocante.

Temperatura de Serviço 15ºC
Potencial de Guarda 5 anos
Região Vale Central
Pontuação Winechef

Viña Marty Love Tinto, 2014 - 91 pontos Winechef

Viña Marty Love Tinto, 2014 – 91 pontos Winechef

 

Os melhores vinhos brancos chilenos do ano segundo Descorchados 2016

97 pts. ERRÁZURIZ LAS PIZARRAS CHARDONNAY 2014 ACONCAGUA COSTA
97 pts. CASA SILVA LAGO RANCO S. BLANC 2014 SUR
96 pts. CASA MARIN CIPRESES S. BLANC 2014 SAN ANTONIO
96 pts. CONCHA Y TORO TERRUNYO S. BLANC 2015 CASABLANCA
96 pts. DE MARTINO SINGLE VINEYARD PARCELA 5 S. BLANC 2014 CASABLANCA
96 pts. KALFUSUMPAI S. BLANC 2015 NORTE
96 pts. TABALÍ TALINAY S. BLANC 2015 LIMARI
95 pts. BODEGAS RE EN RE DO 2015 CASABLANCA
95 pts. BODEGAS RE CHARDONNOIR 2014 CASABLANCA
95 pts. DE MARTINO VIEJAS TINAJAS MOSCATEL 2014 ITATA
95 pts. AQUITANIA SOL DE SOL CHARDONNAY 2012 SUR
95 pts. MAYCAS DEL LIMARÍ QUEBRADA SECA CHARDONNAY 2014 LIMARÍ
95 pts. TARA TARA WHITE WINE 1 CHARDONNAY 2014 NORTE
95 pts. AQUITANIA SOL DE SOL S. BLANC 2015 SUR
95 pts. CONO SUR 20 BARRELS S. BLANC 2015 CASABLANCA
95 pts. MATETIC EQ COASTAL S. BLANC 2015 CASABLANCA
95 pts. SANTA RITA FLORESTA S. BLANC 2015 LEYDA
95 pts. UNDURRAGA TH S. BLANC LO ABARCA S. BLANC 2014 SAN ANTONIO
94 pts. WILLIAM FÈVRE CHILE ESPINO GRAN CUVÈE CHARDONNAY 2014 PIRQUE
94 pts. ERRÁZURIZ THE WHITE BLEND 2015 ACONCAGUA
94 pts. SIERRAS DE BELLAVISTA RIESLING 2015 ALTO COLCHAGUA
94 pts. CASAS DEL BOSQUE P. PRODUCCIONES S. BLANC 2015 CASABLANCA
94 pts. LABERINTO CENIZAS DE LABERINTO S. BLANC 2015 MAULE
94 pts. LEYDA LOT 4 SAUV BLANC S. BLANC 2015 LEYDA
94 pts. QUINTAY WINES EXPERIENCE S. BLANC 2015 CASABLANCA
94 pts. TABALÍ RESERVA ESPECIAL S. BLANC 2015 LIMARI
94 pts. VENTOLERA S. BLANC 2015 LEYDA
94 pts. VERAMONTE RITUAL S. BLANC 2015 CASABLANCA

 

Veja os Os melhores vinhos Tintos do ano segundo Descorchados 2016

Os melhores vinhos brancos do ano segundo Descorchados 2016

Os melhores vinhos brancos do ano segundo Descorchados 2016