Vinícolas e dicas para visitar em Mendoza

Vinícolas para visitar em Mendoza

No sopé da Cordilheira dos Andes, Mendoza talvez seja o destino vitivinícola mais prático e acessível para os brasileiros no exterior. A viagem não é longa, as opções de visitas são enormes, a comunicação é fácil e o câmbio favorável (na maioria das vezes). Atualmente, até voos diretos já existem. A charmosa cidade de Mendoza tem excelente infraestrutura turística e de hotelaria – das mais baratas às mais requintadas. Além disso, a gastronomia é fortíssima – muito baseada na carne, obviamente, mas com opções para todos os gostos.

As vinícolas ficam espalhadas em locais não muito próximos da cidade, portanto, é preciso alugar um carro ou, a melhor opção, contratar um chofer (eles costumam cobrar preço fechado para levar os turistas para visitas a três vinícolas em uma mesma região durante o dia). Então, vale a pena sair cedo, conhecer desde vinícolas pequenas e artesanais até grandes conglomerados, mas todos certamente preparados para receber os visitantes.

Escolha uma vinícola para fazer seu almoço e, à noite, saia dar uma volta pela cidade, que tende a manter o comercio aberto até mais tarde, pois, após o almoço, tudo fecha para a famosa sesta.

 

Vinícolas e dicas para visitar em Mendoza

Vinícolas e dicas para visitar em Mendoza

Vinícolas imperdíveis em Mendoza:

Achaval-Ferrer – Belas vistas e grandes vinhos em uma visita acolhedora.

Bodega Catena Zapata – Sua arquitetura inspirada em construções maias impressiona.

Bodega Norton – Modernidade e tradição em edifícios imponentes e extremo cuidado nos detalhes estéticos. Seu restaurante, La Vid, é excepcional.

Bodega Rutini – Seu museu de vinho é uma verdadeira aula de história da bebida.

Família Zuccardi – Um lugar para relaxar e comer a típica parillada argentina, feita com esmero.

Trivento – Magnífico deck, na beira de um lago, com vista para os vinhedos abaixo das montanhas.

 

Dicas imperdíveis em Mendoza:

Hotel Park Hyatt – Serviço, comodidade e localização excelentes, no coração da cidade.

Restaurante 1884 – Clássico restaurante do consagrado chef Francis Mallman em Mendoza. Comida e carta de vinhos primorosas.

Restaurante Azafran – Um lugar aconchegante com um menu repleto de delícias típicas argentinas em preparações elaboradas.

Restaurante Nadia O. F. – É preciso provar o menu degustação da chef Nadia Harón, esposa de Ortega Fournier, da Bodega O. Fournier, considerada uma das melhores chefs da argentina.

Parque Aconcágua – Vale a pena reservar um dia para fazer esse passeio de extrema beleza natural.

 

1 responder
  1. Edward
    Edward says:

    Quando estive em Mendoza com minha esposa fizemos dois dias de visitações a vinícolas com a modalidade de chofer, o que no fim foi mesmo a melhor escolha. É muito vinho para degustar e dirigir fica complicado… E o Santiago foi um ótimo guia!

    Por escolha nossa, visitamos vinícolas fora do eixo mais turístico. A única de maior renome creio ter sido a Achaval-Ferrer. As outras foram a Casarena, Clos de Chacras, Domiciano de Barrancas, Finca Agostino e Domaine St. Diego. Esta última é um achado, e fortemente recomendada.
    Saúde!

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *