Restaurant de l'Hôtel de Ville, Crissier (Suíça)

Com menu de R$ 1.500, restaurante na Suíça é o ‘novo’ melhor do mundo

Esqueça o dinamarquês Noma, o espanhol El Celler de Can Roca, o italiano Osteria Francescana e até o paulistano D.O.M. Vem da Suíça, de uma pequena cidade próxima a Lausanne, o mais novo melhor restaurante do mundo.

No sábado (12), os organizadores do prêmio “Mil mesas de exceção”, guia criado pela França em oposição ao ranking de 50 melhores restaurantes da revista britânica “Restaurant”, divulgaram o top 10 de sua primeira edição.

Ficou com o restaurante do Hôtel de Ville de Crissier o primeiro lugar. A casa é comandada, desde 2012, pelo chef franco-suíço Benoît Violier, 44, em parceria com sua mulher, Brigitte. Ao jornal americano “The New York Times”, ele disse que sentiu “uma enorme responsabilidade” com o prêmio.

Restaurant de l'Hôtel de Ville, Crissier (Suíça)

Restaurant de l’Hôtel de Ville, Crissier (Suíça)

Segundo ele, o sucesso do restaurante, de cerca de 50 lugares, deve-se à consistência: a casa detém três estrelas do guia “Michelin” há 20 anos e seu maître, Louis Villeneuve, está no cargo há cerca de 40.

Os menus podem custar até 390 francos suíços (R$ 1.530)

TOP 10

A lista das “Mil mesas de exceção” é uma iniciativa da Atout France, instituição de diplomacia e promoção turística da França.

Com custo estimado em € 300 mil (R$ 1,2 milhão), bancado por patrocinadores como a Nestlé e a Moët Hennessy, o ranking foi feito por um sistema de computador que analisou e compilou dados de cerca de 200 guias gastronômicos (como “Michelin”, “Gault&Millau” e “Zagat”), sites colaborativos a exemplo do TripAdvisor, avaliações de críticos gastronômicos e mesmo listas como a da “Restaurant” –englobando um universo de 92 países.

Entre os mil restaurantes selecionados, os países mais representados devem ser Japão (mais de 120 locais), França (117) e Estados Unidos (115).

A lista final será divulgada em uma cerimônia na próxima quinta-feira (17), em Paris, por enquanto, só se conhece o top 10, divulgado no último sábado, no qual se confirmou o favoritismo de Japão e França; cada país teve três casas no topo do ranking.

Destacam-se ainda a presença de casas que estão na lista da “Restaurant”, como o Per Se, de Nova York (EUA), no segundo lugar, e o Celler de Can Roca, na Espanha (6).

Com menu de R$ 1.500, restaurante na Suíça é o 'novo' melhor do mundo

Com menu de R$ 1.500, restaurante na Suíça é o ‘novo’ melhor do mundo

Veja abaixo o top 10.

1: Restaurant de l’Hôtel de Ville, Crissier (Suíça)

2: Per Se, Nova York (EUA)

3: Kyo Aji, Tóquio (Japão)

4: Guy Savoy, Paris (França)

5: Schauenstein, Fürstenau (Suíça)

6: El Celler de Can Roca, Girona (Espanha)

7: Kyubei, Tóquio (Japão)

8: Maison Troisgros, Roanne (França)

9: Auberge du Vieux Puits, Fontjoncouse (França)

10: Joël Robuchon, Tóquio (Japão)

 

Fonte: Uol

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *