Posts

Lista completa das medalha GRANDE OURO Concurso Mundial de Bruxelas – Edição Brasil 2015

 

 A lista de vinhos ganhadores do Concurso Mundial de Bruxelas que aconteceu o último fim de semana em São Paulo foi revelado,  e há muitas surpresas.

O júri esteve composto pelos líderes de opinião da cena local, a maioria de eles jornalistas especializados em vinhos e gastronomia.

O concurso contou com a participação de 419 rótulos, sendo 215 de vinhos e 204 de destilados. Desse total, 100 rótulos foram premiados com as medalhas “Gran Ouro”, “Ouro” e “Prata”, sendo 49 vinhos e 51 destilados.

Veja na lista abaixo quais são os vinhos que tiveram medalha de Grande Ouro, que é a categoria mais importante do concurso.

Concurso Mundial de Bruxelas – Edição Brasil 2015

Concurso Mundial de Bruxelas – Edição Brasil 2015

 

Lista de vinhos com medalha GRANDE OURO

 

Boscato Indústria Vinícola Anima Vitis 2005.Rio Grande do Sul

 

Peterlongo Espumante Branco Brut  Elegance. Rio Grande do Sul

 

Reserva Cabernet Sauvignon Panceri 2005. Santa Catarina

 

Casa Venturini Vinho Tinto Seco Tannat Reserva 2012. Rio Grande do Sul

 

Casa Perini Brut Rose. Rio Grande do Sul

 

Vinicola Santa Augusta Imortali. Santa Catarina

 

 

Winechef realiza degustação de vinhos em Manhuaçu

 

Há algumas semanas viajamos a Manhuaçu para realizar uma degustação de vinhos organizada pela confraria local Amigos do Vinho, liderada pelo entusiasta enófilo Frederico Majeski

Os Assistentes:

Me chamou muito a atenção o incrível nível de conhecimento das pessoas que participaram da degustação, todos muito interessados em aprender, em descobrir e em degustar com muita concentração e paixão cada uns dos 7 vinhos apresentados durante a degustação.

Winechef realiza degustação de vinhos em Manhuaçu

Winechef realiza degustação de vinhos em Manhuaçu

 

 OS vinhos da degustação GRANDES TINTOS DOS ANDES

Desde o início do projeto de degustações de Winechef, sempre pensamos em que os vinhos que fazem parte das distintas opções temáticas teriam que ser de muita qualidade, e isso foi  um dos detalhes que contribuiu para o sucesso do evento.

 

Essa é a relação dos vinhos apresentados no curso/degustação.

 GRANDES TINTOS DOS ANDES

Hubert Weber Cabernet Sauvignon 2006 ARGENTINA

Belasco de Baquedano Llama Roble Malbec 2012 ARGENTINA

Monteviejo Festivo Malbec 2011  ARGENTINA

Calcu Carménère Gran Reserva 2009 CHILE

Santa Ema Amplus Cabernet Sauvignon 2008 CHILE

Undurraga TH Carignan 2009 CHILE

Neyen Espiritu de Apalta Blend 2007 CHILE

Winechef realiza degustação de vinhos em Manhuaçu 4

 

Alex Ordenes e Edneia Benfica de Winechef na  degustação de vinhos em Manhuaçu

Alex Ordenes e Edneia Benfica de Winechef na degustação de vinhos em Manhuaçu

VEJA TODOS OS DETALHES DA DEGUSTAÇAO GRANDES TINTOS ANDINOS

Morre Anne-Claude Leflaive Pioneira da Biodinâmica em Puligny-Montrachet na Borgonha

 

 O mundo do vinho prestou um tributo a Anne-Claude Leflaive, uma das mais respeitadas enólogas da Borgonha e uma lider em vinificação biodinâmica, que morreu na idade de 59 anos.

A morte de Anne-Claude Leflaive foi anunciada por sua vinícola de mesmo nome nesta segunda-feira 6 de abril.

A notícia causou uma mistura de choque e tristeza por todo o mundo do vinho pela perda de uma das matriarcas da Borgonha.

Anne-Claude foi nomeada a melhor ciradora de vinhos brancos pela revista Decanter em 2006, tendo entrado no negócio da famíla em 1990 e se tornado gerente em 1994 após a morte de seu pai, Vicent. Ela também ajudou a formar uma escola de vinhos chamada Ecole du Vin et des Terrois em Puligny-Montrachet.

“Eu estou totalmente chocado”, disse Gerard Basset, correspondente da Decanter em Borgonha. “Ela era incrível, não apenas por causa de seus deliciosos vinhos e por causa que ela era uma pioneira, mas também pela sua grande carisma”, Basset disse à Decanter.com.

“Eu estava em Florença para o Master of Wine Symposium em maio do ano passado. Ela estava no palco e havia uma multidão para ouvir suas palavras.”.

Em uma entrevista realizada pela Decanter publicada em 2006, Leflaive descreveu a viticultura biodinâmica como uma escolha natural.

 “Antes mesmo de eu ter ouvido falado de Biodinamismo, meus instintos me disseram que tudo que fizermos na nossa vida precisa ser feito com respeito à natureza e ao meio ambiente.”, ela disse à Clive Coats MW.

Leflaive deixa para trás seu marido, Christian Jacques e três filhos. Um memorial será realizado no sábado 11 de abril às 11 horas da manhã na igreja de Puligny-Montrachet.

Morre Anne-Claude Leflaive Pioneira da Biodinâmica em Puligny-Montrachet na Borgonha

Morre Anne-Claude Leflaive Pioneira da Biodinâmica em Puligny-Montrachet na Borgonha

 

Fonte: Decanter.

Robert Parker e os Malbec argentinos com as maiores pontuações na historia

 

Robert Parker pontuou dois Malbec´s argentinos com 99 pontos

Desde que Robert Parker avalia os vinhos argentinos, até o dia de hoje ele pontuou com 96 a 99 o mais pontos a 37 vinhos elaborados com a uva Malbec, a mesma que que tem colocado esse país no topo da moda ao redor do mundo.

Se você tem na sua adega alguns dos vinhos da lista, (tal até sem saber), já sabe como pode começar o ano 2015 de uma forma excepcional.

 

Rating Maturity
2009
Achaval Ferrer Finca Altamira la Consulta
99
2006
Vina Cobos Malbec Marchiori Vineyard
99
2009
Achaval Ferrer Malbec Finca Bella Vista
98
2008
Achaval Ferrer Malbec Finca Bella Vista
98
2008
Achaval Ferrer Temporis
98
2009
Achaval Ferrer Temporis
98
2004
Achaval Ferrer Malbec Finca Altamira
98
2004
Bodegas Catena Zapata Malbec Catena Zapata Argentino Vineyard
98+
2005
Vina Cobos Malbec Marchiori Vineyard
98
2004
Vina Cobos Malbec Marchiori Vineyard
98
2009
Bodegas Catena Zapata Malbec Catena Zapata Adrianna Vineyard
97
2004
Bodegas Catena Zapata Malbec Catena Zapata Adrianna Vineyard
97
2005
Bodegas Catena Zapata Malbec Catena Zapata Adrianna Vineyard
97
2008
Bodegas Catena Zapata Malbec Catena Zapata Adrianna Vineyard
97
2005
Bodegas Catena Zapata Malbec Catena Zapata Argentino Vineyard
97+
2008
Bodegas Catena Zapata Malbec Catena Zapata Argentino Vineyard
97
2007
Bodegas Catena Zapata Malbec Catena Zapata Argentino Vineyard
97
2003
Vina Cobos Malbec Marchiori Vineyard
97
2007
Achaval Ferrer Temporis
96
2007
Achaval Ferrer Malbec Finca Bella Vista
96
2008
Achaval Ferrer Malbec Finca Mirador
96
2004
Achaval Ferrer Malbec Finca Mirador
96
2009
Achaval Ferrer Malbec Finca Mirador
96
2004
Bodega Enrique Foster Firmado
96
2011
Bodega Noemia de Patagonia Malbec
96
2010
Bodegas Catena Zapata Malbec Catena Zapata Adrianna Vineyard
96
2004
Bodegas Catena Zapata Malbec Catena Zapata Nicasia Vineyard
96
2007
Bodegas Catena Zapata Malbec Catena Zapata Adrianna Vineyard
96
2005
Bodegas Catena Zapata Malbec Catena Zapata Nicasia Vineyard
96
2006
Bodegas Catena Zapata Malbec Catena Zapata Argentino Vineyard
96
2008
Bodegas Trapiche Malbec Single Vineyard Vina Jorge Miralles
96
2012
Familia Zuccardi Finca Piedra Infinita
96
2006
Vina Alicia Brote Negro
96
2009
Vina Cobos Malbec Marchiori Vineyard
96
2005
Vina Cobos Bramare Marchiori Vineyard
96
2006
Vina Cobos Bramare Marchiori Vineyard
(96-99)
2002
Vina Cobos Malbec Marchiori Vineyard
96
Robert Parker e as maiore pontuaçôes dos vihos argentinos na historia

Robert Parker e as maiore pontuaçôes dos vihos argentinos na historia

Uma impressionantes coleções de Borgonha vai a leilão

 

Segundo funcionários da casa de leilão nova-iorquina Wally, as coleções de Borgonha pode valer US$ 15 milhões

O colecionador de vinhos Roy Welland irá colocar à venda sua coleção de 100 mil garrafas, uma das mais impressionantes da Borgonha. Os funcionários da casa de leilão Wally avaliam que o conjunto de vinhos vale, ao menos, US$ 15 milhões (cerca de R$ 34 milhões). Em entrevista, Welland afirmou que está vendendo sua coleção por motivos pessoais.

Roy Welland é um ex-operador financeiro e se apaixonou por vinho tornando-se rapidamente um colecionador fanático. Em 2004, quando inaugurou o restaurante Cru, em Greenwich Village, Nova York, sua coleção tinha 65 mil garrafas.

Hoje, contudo, parte da coleção está em um armazém na Nova Jersey e outra num depósito em Beaune. Welland parou de comprar produtos em leilão quando começou a comprar vinho direto dos produtores e observou que, em 2005, o mercado vinícola estava em ascensão.

Vinhos da bourgogne 2

 

Observou-se então que, assim como o mercado de leilão de vinho estava crescendo, a demanda de exemplares com denominação de Borgonha e o interesse por vinhos mais velhos também estava aumentando. Por isso, estima-se que a coleção de Welland irá atrair muita atenção, uma vez que seus produtos foram adquiridos diretamente com os produtores.

Sua coleção conta com duas mil caixas de Grand Cru de Borgonha, 160 caixas do Domaine Bachelet, 250 caixas do Domaine Joseph Drouhin, 150 caixas do Domaine Georges Roumier, 40 caixas do Domaine Armand Rousseau. Além destes, o conjunto conta com mais de 750 caixas de Chablis, incluindo 200 caixas de René & Vincent Dauvissat.

Vinhos austríacos, californianos e de Bordeaux também fazem parte da coleção. “Há alguns anos, um dos empregados do meu restaurante visitou uma loja de vinho em Viena. O proprietário estava fechando o estabelecimento e não sabia o que fazer com todo o estoque”, contou Welland. “Por isso temos algumas safras incríveis de vinhos austríacos”.

O presidente e CEO da casa de leilões Wally, Michael Jessen, admitiu estar ansioso para colocar no mercado a coleção de Welland.

 

 

Fonte: Revista Adega

Conheça os 10 maiores grupos vinícolas do mundo

 

A vinícola chilena Concha y Toro, o grupo Constellation e o grupo Gallo Winery ocupam as primeiras posições

Segundo relatório anual da consultoria Euromonitor Internacional, o ranking mundial de Grupos Vinícolas pouco se alterou nas 10 primeiras posições, porém, trouxe algumas surpresas como o Grupo Peñaflor, maior produtor de vinhos da Argentina, que assumiu a quinta posição. Antes, vinha na oitava.

Mas o ranking 2013 traz as mesmas vinícolas nas três primeiras colocações, sendo todas norte-americanas.

A E & J Gallo Winery

Segue na liderança com 777 milhões de litros de vinho produzidos

Constellation Brands
Concha y Toro

Responsável pela produção de 282 milhões de litros e o

Grupo Peñaflor

Com 278 milhões de litros. A companhia integra sete vinícolas como Trapiche, El Esteco, Finca las Moras, Bodegas La Rosa, Santa Ana, Suter e Andean Viñas e exporta seus produtos para mais de 90 países em cinco continentes atualmente e tem mais de dois mil funcionários em mais de seis mil hectares espalhados pelas províncias de Mendoza, San Juan, Salta e Catamarca.

 Pernod Ricard

Com 277 milhões de litros. Já os australianos

Treasury Wine Estates
 Castel Groupe

Da Austrália alcançaram a oitava posição, com 270 milhões.

Accolade Wines Ltd

Outra vinícola australiana, que produz 270 milhões.

Caviro

da Italia com produção de 160 milhões, ocupa a décima colocação.

Conheça os 10 maiores grupos vinícolas do mundo

Conheça os 10 maiores grupos vinícolas do mundo

 

 

 

A Festa da vindima do vale de Colchagua – Chile 2015 está chegando

 

Se esta pensando em viajar para o Chile não pode deixar de participar da festa da vindima do vale de Colchagua.

Com 16 anos de historia, a festa da vindima do vale de Colchagua anuncia uma nova e imperdível versão da festa do vinho mais importante de todas as que são realizadas neste país.

Com a participação das 13 vinícolas que fazem parte da Associação de vinícolas do vale de Colchagua e contando com a organização da Municipalidade de Santa Cruz, essa festa promete cativar novamente com grandes novidades.

 Este imperdível panorama está programado para a sexta feira dia 6, sábado 7 e domingo 8 de março de 2015, na Plaza de Armas da cidade de Santa Cruz, onde os assistentes a feria poderão degustar em total mais de 150 vinhos das seguintes vinícolas:

 Festa da vindima do vale de Colchagua - Chile 2015

Festa da vindima do vale de Colchagua – Chile 2015

Vinícolas Participantes: 

Vinícola Bisquertt
Vinícola Casa Silva
Vinícola Casa Lapostolle
Vinícola Montes
Vinícola Los Vascos
Vinícola Montgras
Vinícola Santa Cruz
Vinícola Siegel
Vinícola Santa Helena
Vinícola Viu Manent
Vinícola Luis Felipe Edwards

Mais Iinfo:

 

Fim de uma era: Parker passa Bordeaux para Martin

 

Crítico de vinho norte americano, Robert Parker anunciou que não irá mais ser responsável pela degustação dos Bordeaux en primeurs no The Wine Advocate.

Em uma conferência de imprensa em Londres, o veterano Robert Parker passou a responsabilidade da en primeur para o membro do seu time, Neal Martin, que ele descreveu como natural e quem ele já insinuou que poderia sucedê-lo em uma entrevista na Live-ex em 2012.

Na página principal de Robert Parker ele escreveu: “Como apenas parte da cobertura prevista para este ano, Neal irá avaliar os lançamentos en primeur de Bordeaux de 2014”. Enquanto isso eu planejo avaliar as recém – engarrafadas vinhos de colheitas de 2012 e produzir uma retrospectiva a fundo na incrível colheita de Bordeaux de 2012.

Apesar de descrever como inevitável, tendo acompanhado quase todas as campanhas de en primeur desde 1978, ele ressaltou no Twitter que ele iria “sentir saudades do desafio de desvendar uma nova colheita”.

Como indicado na sua declaração, esse ato não sinaliza o final da carreira de Parker ou seu envolvimento com Bordeaux. Ele vai continuar a reexperimentar e avaliar colheitas na garrafa e o mercado, está aguardando ansiosamente sua avaliação da colheita de 2005, ele mesmo admitiu que a avaliação é muito baixa para um ano tão bom.

Enfim, seu afastamento de Bordeaux irá definir uma nova geração de críticos, particularmente seu sucessor.

Robert Parker END OF AN ERA

Robert Parker END OF AN ERA

Resultados Argentina Wine Awards 2015. Muitas surpresas!

 

As principais referências femininas do vinho, tanto do mercado internacional como local, provaram 669 amostras durante a Argentina Wine Awards 2015.

Em um concorrido coquetel celebrado na Bodega Trivento, foram anunciados os ganhadores do Argentina Wine Awards 2015, certamente organizado pela Wines of Argentina e a Corporación Vitivinícola Argentina (COVIAR). Após a minuciosa degustação realizada por 12 juízas internacionais e seis nacionais que provaram 669 amostras, foram anunciados os Trophies das 20 categorias divididas cada uma, por sua vez, em cinco faixas de preços.

Na nona edição dos prêmios Argentina Wine Awards, que busca premiar tanto a qualidade como os avanços da indústria vitivinícola argentina, participaram 143 vinícolas contabilizando um total de 669 amostras. Participaram da cerimônia de premiação mais de 200 pessoas, entre donos de vinícolas, enólogos, autoridades provinciais, diretivos de organizações da indústria vitivinícola, integrantes do júri e jornalistas. Foram entregues 14 Trophies, 19 medalhas de ouro, 193 medalhas de prata e 369 de bronze.

Ao todo, foram entregues 14 Trophies e 19 medalhas de ouro.

Argentina Wine Awards 2015 Logomarca

Argentina Wine Awards 2015 Logomarca

Na categoria “Malbec”, os Trophies foram para:

Séptima Obra Malbec 2012, Bodega Séptima – Codorníu Argentina S.A.
Riglos Quinto Malbec 2013, Finca Las Divas S.A. – Bodega Riglos,
Casarena Single Vineyard – Malbec – Jamilla´s Vineyard – Perdriel 2012 Casarena Bodega & Viñedos
Zuccardi Aluvional Vista Flores Malbec 2012, Familia Zuccardi

Na categoria “Vinho Espumante”, o prêmio Trophy foi para:

  Ruca Malen Sparkling Brut NV, da Bodega Ruca Malen.

 Os Chardonnay receberam este ano dois Trophies, que foram outorgados aos:

 Finca La Escondida Reserva Chardonnay 2014, da Bodega La Rosa
Salentein Single Vineyard Chardonnay 2012 da Bodega Salentein.

 Outro varietal premiado foi o Cabernet Franc. Os Trophies foram entregues aos

  La Mascota Cabernet Franc 2013, da Mascota Vineyards
Salentein Numina Cabernet Franc 2012, da Bodega Salentein

 Também obtiveram Trophies os cortes 

 Sophenia Synthesis The Blend, da Finca Sophenia
Cadus Single Vineyard Finca Las Tortugas Bonarda, da Bodega Cadus
Cabernet Sauvignon Proemio Reserve, da Proemio Wines.

 Os Trophies regionais foram entregues a:
Valles del Norte: 

 Serie Fincas Notables Tannat 2012, da Bodega El Esteco.

Valles de Mendoza:

 Decero Mini Ediciones Petit Verdot, Remolinos Vineyard 2012, da Finca Decero.

Valles de San Juan:

 Santiago Graffigna 2011, Bodegas y Viñedos Santiago Graffigna

Valles Patagónicos:

 Special Blend 2010, da Bodegas Del Fin Del Mundo

 

Resultados do 12º Annual Wine of Chile Awards – Brasil 2014

 

Em uma cerimônia de gala no hotel Renaissance, na cidade de São Paulo, foram revelados os resultados do concurso Annual Wine of Chile Awards 2014, que em esta ocasião foi realizado fora do Chile.

Neste concurso participam apenas vinhos chilenos, os que foram degustados por um grupo de especialistas brasileiros, o que vem a demostrar a grande importância que o Brasil representa para as projeções comercias do mercado de vinhos chilenos.

O melhor vinho do concurso (Best in Show) foi um tinto produzido nas frias terras do vale de Casablanca, e pertence á línea Gran Reserva da vinícola Casas Del Bosque, da safra 2012.

 

Resultados O 12º Annual Wine of Chile Awards – Brasil 2014

Lista dos TOP 15 Annual Wine of Chile Awards 2014

 

1º – Syrah Gran Reserva 2012 – Vinã Casas del Bosque
2º – Premium Red – Armida 2009 – De Martino
3º – Premium White – Amélia 2013 – Concha y Toro
4º – Other Reds – Tama Vineyard Selection Carignan 2013 – Viña Anakena
5º – Other Withes – Single Vineyard Neblina Riesling 2011 – Leyda
6º – Blends – 5 cepas 2013 – Casa Silva
7º – Rosé – Gallardía del Itata Cinsault 2014 – Vinã De Martino
8º – Sparkling Wine – Brut Nature – Viña Morande
9º – Late Harvest – Erasmo Late Harvest Torontel 2009 – Erasmo
10º – Cabernet Sauvignon – Gran Terroir de Los Andes – Los Lingues  2012 – Viña Casa Silva
11 – Carmenére – Carmenére Reserva 2013 Pedriscal Vineyard – Viña Falernia
12 – Pinot Noir – Pinot Noir Reserva 2013 – Viña Falernia
13 – Syrah – Syrah Gran Reserva 2012 – Viña Casas del Bosque
14 – Chardonnay – Tarapacá Gran Reserva Chardonnay 2013 – Viña Tarapaca
15 – Sauvignon Blanc – Specialties Sauvignon Blanc Ocean Side 2014 – Viña Santa Carolina